quinta-feira, 12 de julho de 2018

LIFE Rupis: Alunos de Freixo de Espada à Cinta "de cabeça" na Ribeira do Mosteiro || LIFE Rupis: Students from Freixo de Espada to Cinta "dive" in Ribeira do Mosteiro

Realizou-se, no passado dia 15 de Junho, no âmbito do projecto LIFE Rupis, uma visita dos alunos do Agrupamento de Escolas de Freixo de Espada à Cinta à Ribeira do Mosteiro, um Espaço Para a Natureza (EPN) da ATNatureza. 
Neste dia, os 75 alunos, acompanhados por professores, funcionários e pela directora do agrupamento, levaram a cabo, por mais um ano, a tradicional caminhada que se iniciou em Poiares. 

Depois de uma pequena paragem para o reforço, o grupo iniciou a descida da Calçada de Alpajares, integrante do Parque Natural do Douro Internacional, até à Ribeira do Mosteiro, em que algumas questões de segurança, para os alunos e para o habitat, foram abordadas.
Após a visita a este EPN e da explicação de algumas medidas no âmbito do projecto, os alunos puderam cumprir a tradição e mergulhar nas águas frescas da área. Para além destes, professores e funcionários não quiseram ficaram de fora do mergulho.
Saiba mais sobre o projecto:  rupis.pt

ENGLISH VERSION 

On June 15, the LIFE Rupis project included a visit by the students of the Association of Schools of Freixo de Espada to Cinta to Ribeira do Mosteiro, a Space for Nature (EPN) of ATNatureza.
On this day, the 75 students, accompanied by teachers, staff and the group leader, carried out, for another year, the traditional walk that began in Poiares.
After a short stop for the reinforcement, the group began the descent of the Calçada de Alpajares, part of the Douro International Natural Park, to Ribeira do Mosteiro, where some safety issues for students and habitat were addressed.

After the visit to this EPN and the explanation of some measures within the project, the students were able to fulfill the tradition and immerse themselves in the fresh waters of the area. Apart from these, teachers and staff did not want to be left out of the dive.
Know more about the project: rupis.pt




 

XI Curso de Aves de Rapina: Um sucesso do Birdwatching || XI Course of Birds of Prey: A Success of Birdwatching

Realizou-se, durante os dias 22, 23 e 24 de Junho, o XI Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, inserido no âmbito dos projectos LIFE "Rupis" e "Club de Fincas por la Conservación del Oeste Ibérico", em Figueira de Castelo Rodrigo.

O curso, que contou com a participação de vários especialistas na área, tais como Jorge Amaral, Carlos Pacheco e Ricardo Brandão e, com a assistência de cerca de uma dezena participantes,  esteve dividido, durante estes três dias, entre sessões teóricas e práticas.


A maior novidade da edição deste ano foi a sessão de abrigo fotográfico "Alimentação de Aves Necrófagas" (inserida no projecto LIFE "Club de Fincas por la Conservación del Oeste Ibérico"), no Campo de Alimentação de Aves Necrófagas, oferecida aos primeiros seis inscritos e, que lhes proporcionou um contacto directo e próximo de observação das várias aves que se iam mostrando pelo alimentador.
 Esta actividade - a primeira desta XI edição a ser dinamizada, realizada na manhã de sexta-feira (22)  -, foi muito importante para estes participantes, pois permitiu que estes começassem o curso mais familiarizados com as espécies abordadas e mais entusiasmados. 
Para além desta experiência, o curso propriamente dito começou na sexta-feira, ao início da tarde, com recepção e apresentação do primeiro módulo teórico aos participantes, na Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo. 
O primeiro módulo teórico começou, então, por fazer a contextualização das aves da região, com o painel de "Ecologia, Biologia e Conservação de Aves de Rapina Diurnas no Parque Natural do Douro Internacional", pelo ICNF, seguido das apresentações dos projectos LIFE "Rupis" pela SPEA e "A conservação de abutres na Europa", pela Vulture Conservation Foundation (VCF). 

Depois destas, foi realizada uma apresentação sobre as Aves de Rapina Nocturnas, como introdução ao segundo módulo prático. 

A sessão prática de "Observação e Chamamento de Aves de Rapina Nocturnas", ocorrido entre Vale de Afonsinho, Mata de Lobos e Algodres, começou com uma actividade de devolução à natureza. Desta vez, a felizarda foi uma Corucha do Mato, batizada no local de "Marofa", pelos participantes. 

Ao longo deste percurso, o grupo teve a oportunidade de escutar mocho-de-orelhas, noitibó-de-nuca-vermelho, noitibó-europeu e mocho-galego, fechando assim o primeiro dia do curso. 

No sábado (23), o dia começou com o terceiro módulo prático "Aves de Rapina Agroflestais e Rupícolas", em Mata de Lobos, com paragem para o almoço na capela de Santo André, e passou, no regresso, pela Barragem de Santa Maria de Aguiar. Durante este trajecto, os participantes puderam observar as três espécies de abutres, o grifo, o britango (ou abutre do Egipto) e o abutre-preto e, ainda a rainha das águias em Portugal, a águia-real.
À tarde, já de regresso à Casa da Cultura, decorreu o segundo e último módulo teórico do curso onde foram apresentados os temas "Comportamento Animal: dificuldades no campo" e "Identificação de Características através de Material Biológico", pelo CERVAS.

De forma a fomentar o convívio e a partilha de conhecimentos entre participantes e formadores, à noite, foi organizado um jantar com o grupo todo, no qual todos aproveitaram para descontrair e descansar.
No último dia desta XI edição, domingo (24), durante a manhã, o grupo seguiu em direção ao EPN (Espaço Para a Natureza) Ribeira do Mosteiro, para "Identificação de Aves de Rapina do Parque Natural do Douro Internacional". Antes de chegar à Ribeira do Mosteiro, numa pequena paragem, o grupo teve a oportunidade de assistir aos voos de um tartaranhão-caçador macho - espécie cada vez mais rara na região -, e ainda de observar águias-calçadas, milhafres-pretos, um bútio-comum e o bútio-vespeiro, uma espécie não muito comum nesta região.

Na Ribeira do Mosteiro, para além das aves rupícolas puderam observar o falcão-peregrino - animal mais veloz do planeta -, e do peneireiro-vulgar. Para além destas, destaca-se a observação de um andorinhão-cafre, o primeiro registo neste EPN.

Depois do piquenique no Miradouro do Penedo-Durão e sob o tema "Observação de Aves de Rapina do Parque Natural Arribes del Duero", o grupo seguiu para Espanha onde teve a honra de apreciar um casal de águias-de-Bonelli, formado por duas aves adultas muito confiantes.

Em suma, durante o fim-de-semana, para além da aquisição de conhecimentos vários e muito importantes, os participantes puderam somar um total de 13 espécies de rapina observadas, sem esquecer ainda a observação de muitas mais, como o andorinhão-real, o mergulhão-de-crista, o melro-azul, o corvo, a felosa-de-papo-branco, um bando de seis marrequinhas, o papa-figos, e a calhadrinha-comum.
No que toca ao 'birdwatching', esta XI edição do Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina foi um sucesso, tendo sido observadas todas as espécies de rapina abordadas durante o mesmo.

A ATNatureza quer agradecer a todos os participantes, formadores, colaboradores e equipa pela participação nesta edição; sem o apoio de todos não seria o sucesso que foi.

Saiba mais sobre os projectos LIFE Rupis e Club de Fincas



ENGLISH VERSION

During June 22th to the 24th, was held, in Figueira de Castelo Rodrigo, the XI Workshop of Identification, Biology and Conservation of Birds of Prey, as part of the LIFE projects "Rupis" and "Oeste Iberico".
The course, which was attended by several experts in the field, such as Jorge Amaral, Carlos Pacheco and Ricardo Brandão and, with the assistance of about ten participants, was divided during these three days between theoretical and practical sessions.
The biggest novelty of this year's edition was the photographic shelter session "Feeding Necrophagous Birds" (inserted in the LIFE project "Oeste Ibérico"), in the Feeding Station of Necrophagous Birds, offered to the first six subscribers and which provided them with direct and close observation of the various birds that were showing up at the feeder.

This activity - the first of this eleventh edition, promoted on friday morning (22) - was very important for these participants, since it allowed them to begin the whorkshop more familiar with the species approached and more enthusiastic.

In addition to this experience, the whorkshop itself started on friday, in the afternoon, with reception and presentation of the first theoretical part to the participants, in Casa da Cultura of Figueira de Castelo Rodrigo.
This first theoretical part began to contextualize the birds of the region, with the panel of "Ecology, Biology and Conservation of Daytime Prey Birds in the Natural Park of the International Douro" by the ICNF, followed by the presentations of the LIFE projects "Rupis" by SPEA and "Vulture conservation in Europe" by the Vulture Conservation Foundation (VCF).
After these, a presentation on the Nocturnal Birds of Prey was presented as an introduction to the second practical part.

The practical session of "Observation and Calling of Nocturnal Birds of Prey", occurred between Vale de Afonsinho, Mata de Lobos and Algodres, began with a return activity to nature. This time the lucky one was a tawny owl, baptized in there, of "Marofa", by the participants.

Throughout this whorkshop, the group had the opportunity to listen to owl-ears, red-necked nightingale, Nitibó-European and Ocho-Galician, thus closing the first day of the course.

On Saturday (23th), the day began with the third practical part "Forest and Rupicolous Birds of Prey", in Mata de Lobos, with a lunch stop in the chapel of Santo André, and passed on the return by the Dam Santa Maria of Aguiar. During this tour, the participants could observe the three species of vultures, the griffon vulture, the Britango (or egyptian vulture) and the black vulture and, the queen of the eagles in Portugal, the royal eagle.
In the afternoon, after returning to the Casa da Cultura, the second and last theoretical part of the whorkshop was held where the themes "Animal Behavior: Difficulties in the Field" and "Identification of Characteristics through Biological Material" by CERVAS were presented.

In order to encourage the sharing of knowledge among participants and trainers, a dinner party with the whole group was organized in the evening, in which everyone took the opportunity to relax and unwind.

On the last day of this XI edition, on Sunday (24th), in the morning, the group went to the EPN (Space for Nature) Ribeira do Mosteiro, for "Identification of Birds of Prey in the Natural Park of the International Douro". Before arriving at Ribeira do Mosteiro, in a small stop, the group had the opportunity to watch the flights of a male hunter tartar - an increasingly rare species in the region - and to observe bald eagles, black kites, a common buzzard and the bumblebee, a species not very common in this region.

In Ribeira do Mosteiro, besides the rupicolous birds, they could observe the peregrine falcon, the fastest animal on the planet, and the common kestrel. In addition to these, it is worth noting the observation of a caffer swift, the first record in this EPN.

After the picnic at the Penedo-Durão and under the theme "Bird Watching at the Natural Park Arribes del Duero", the group went to Spain where it had the honor to appreciate a pair of Bonelli's eagles, formed by two very confident adult birds.

In short, during the weekend, in addition to acquiring various and very important knowledge, the participants were able to add up to a total of 13 observed prey species, not to mention the observation of many more, such as the royal swift, the bluebird, the crow, the white-bellied feline, a bunch of six little moths, the fig-tree, and the common scabbard.

With regard to birdwatching, this XI edition of the Whorkshop of Identification, Biology and Conservation of Birds of Prey was a success, having observed all the species of prey covered during the same.

ATNatureza wants to thank all the participants, trainers, friends and team for participating in this edition; without the support of all would not be the success that was.

Know more about this LIFE projects: Rupis e Club de Fincas


quarta-feira, 4 de julho de 2018

Semana de Investigação dos alunos da VHL na Reserva da Faia Brava | VHL students' research week at the Faia Brava Reserve

Durante os dias 23 de Maio a 02 de Junho, a ATNatureza recebeu, no âmbito do projecto LIFE "Club de Fincas por la Conservación del Oeste Ibérico", uma turma de estudantes da universidade holandesa VHL para a realização de trabalhos de investigação.
A visita destes alunos, do curso de 'Florestas Tropicais', insere-se no programa de estudo da disciplina de 'Ciências Aplicadas', cujo objectivo é proporcionar a estes experiência na elaboração de um projecto de investigação, desde o desenho da amostragem à recolha e análise de dados e respectiva apresentação de resultados.

Nesse sentido, os 17 alunos holandeses tiveram como objecto de estudo a Reserva da Faia Brava, onde puderam explorar os efeitos do pastoreio extensivo com grandes herbívoros (garranos selvagens) e da silvicultura preventiva na estrutura da Reserva e, os efeitos da cobertura de plantas aquáticas, nos charcos, na diversidade de répteis e anfíbios.
No primeiro dia da sua estadia, os alunos, acompanhados de três professores, visitaram a Reserva da Faia Brava na presença dos técnicos da ATNatureza, onde puderam conhecer o trabalho realizado no âmbito do projecto LIFE "Oeste Ibérico", os diferentes habitats, fauna e flora e a história da associação e da Reserva.

Através de um dos sócios fundadores puderam, ainda, perceber o trabalho de prevenção de incêndios levado a cabo pela ATNatureza e que, ao longo destes 18 anos de existência, tem diminuído drasticamente o número de ignições da região. Ainda sobre este tema, os alunos puderam visitar algumas áreas afectadas pelos incêndios de 2017 na ZIF de Algodres/Vale de Afonsinho e perceber os efeitos do fogo na floresta mediterrânica e estratégias e adaptações das suas espécies.

Durante a sua estadia pela Reserva, os alunos puderam recolher dados para os seus projectos de investigação, tendo terminado esta com uma apresentação dos seus resultados aos membros da equipa da ATNatureza e colegas.

A ATNatureza ficou bastante satisfeita com esta visita que, para além de apoiar os alunos no seu percurso académico, permitiu ainda promover a reserva como lugar de investigação e a economia local da área, fortalecer as colaborações académicas que a associação tem fomentado há vários anos, aumento da base de dados interessantes e relevantes para a monitorização do trabalha já realizado e a difusão do projecto LIFE "Oeste Ibérico".

ENGLISH VERSION BELOW

During the 23rd of May to the 2nd of June, ATNatureza received a group of students from the Dutch university VHL, to carry out research work under the LIFE project "Club de Farcas por la Conservación del Oeste Ibérico".
The visit of these students, from the course of 'Tropical Forests', is part of the study program of the discipline of 'Applied Sciences', whose objective is to provide these experience in the elaboration of a research project, from sampling design to collection and data analysis and respective presentation of results.

In this sense, the 17 dutch students had the Brava Faia Reserve as their object of study, where they could explore the effects of extensive grazing with large herbivores (wild garranos) and preventive silviculture in the Reserve structure, and the effects of aquatic plant cover, in the puddles, in the diversity of reptiles and amphibians.


On the first day of their stay, the students, accompanied by three teachers, visited the Faia Brava Reserve in the presence of the ATNatureza technicians, where they were able to get to know the work carried out under the LIFE "West Iberian" project, the different habitats, flora and history of the association and the Reserve.


Through one of the founding partners, they were able to perceive the work of fire prevention carried out by ATNatureza and that, during these 18 years of existence, has drastically reduced the number of ignitions in the region. Also on this topic, the students were able to visit some areas affected by the fires of 2017 in the ZIF Algodres / Vale de Afonsinho and to understand the effects of fire in the Mediterranean forest and strategies and adaptations of their species.


During their stay at the Reserve, the students were able to collect data for their research projects, and finished with a presentation of their results to ATNatureza team members and colleagues.ATNatureza was very pleased with this visit which, in addition to supporting the students in their academic career, also allowed to promote the reserve as a place of research and the local economy of the area, to strengthen the academic collaborations that the association has been fomenting for several years, an interesting and relevant database for the monitoring of the work already done and the dissemination of the LIFE "West Iberian" project.




quarta-feira, 13 de junho de 2018

Todos a votar "PELA Grande Rota do Vale do Côa" || All to vote "PELA Grande Rota do Vale do Côa"

A ATNatureza apela a todos os defensores do património desta região do Vale do Côa, a votarem na proposta (#861) “PELA Grande Rota do Vale do Coa” apresentada no Orçamento Participativo de Portugal 2018. 




O PELA (Programa de Empreendedorismo e Literacia Ambiental) na Grande Rota do Vale do Côa tem como objetivo capacitar jovens e público em geral do Municípios do Sabugal, Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel e Vila Nova de Foz Côa, para o desenvolvimento de atividades de animação turística, como Guias da Natureza, ou de exploração de novas oportunidades de negócio com vista à dinamização e a atração aos destinos que integram os 200km da Grande Rota de Vale do Côa, que liga o rio Côa, da nascente até à Foz.  



Para além disso, com esta proposta, queremos apostar na capacitação de técnicos de Turismo, Desporto e Cultura dos municípios, para se tornarem embaixadores do território e de forma a conseguirem dar resposta à procura e interesse crescente dos visitantes.




Por outro lado, esta dirige-se também à comunidade local, convidada a participar num conjunto de sessões informais de comunicação e caminhadas que serão realizadas ao longo dos 24 meses de realização do projeto e que se vão desenrolar ao longo das 11 etapas da Grande Rota, promovendo o usufruto da estrutura, o desporto e o bem-estar da população.



Para isto precisamos do SEU VOTO e PARTILHA para que consigamos dinamizar a Grande Rota do Vale do Côa, todos os municípios envolventes e, desta forma, dar o destaque merecido à nossa região.


Não custa nada e desta forma, podemos influenciar directamente o investimento numa região tão rica de biodiversidade e cultura e que tem sido ‘esquecida’.


O que é o Orçamento Participativo de Portugal (OPP)?

O OPP é um processo democrático deliberativo, direto e universal, através do qual as pessoas apresentam propostas de investimento e que escolhem, através do voto, quais os projetos que devem ser implementados em diferentes áreas de governação. Através do OPP as pessoas podem decidir como investir 5 milhões de euros.

Mais informações sobre a Grande Rota do Vale do Côa: granderotadocoa.pt


ENGLISH VERSION

ATNatureza appeals to all the defenders of the heritage of this region of the Côa Valley, to vote in the proposal "PELA Grande Rota do Vale do Coa" ('For the GReat Coa Valley Route') presented in the Participatory Budget of Portugal 2018.
The 'PELA' (Entrepreneurship and Environmental Literacy Program) on the Great Route of the Côa Valley proposal aims to train young people and general public of the Municipalities of Sabugal, Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Pinhel and Vila Nova de Foz Côa, for the development of activities of tourist animation, such as Guides of Nature, or exploring new business opportunities with a view to boosting and attracting destinations that are part of the 200km Grande Côa Valley Route, which connects the Côa River from the source to the end.In addition, with this proposal, we want to focus on the training of Tourism, Sports and Culture technicians of the municipalities, to become ambassadors of the territory and in order to respond to the growing demand and interest of visitors.On the other hand, it is also addressed to the local community, invited to participate in a series of informal communication and hiking sessions that will be held during the 24 months of the project and will be carried out along the 11 stages of the Great Route , promoting the enjoyment of the structure, the sport and the well-being of the population.

For this we need YOUR VOTE and SHARE so that we can dynamize the Great Route of the Côa Valley, all the surrounding municipalities and, in this way, give the deserved highlight to our region.It costs nothing and in this way we can directly influence investment in a region so rich in biodiversity and culture that it has been 'forgotten'.




What is the Participatory Budget of Portugal (OPP)? 
The OPP is a democratic, direct and universal deliberative process through which people submit investment proposals and choose, through voting, which projects should be implemented in different areas of governance. Through the OPP people can decide how to invest 5 million euros.

More information about the Great Route of the Côa Valley:
granderotadocoa.pt



Campanha de Voluntariado - Vigilância contra Incêndios Faia Brava 2018 | Volunteer Campaign - Fire Surveillance Faia Brava 2018




A ATNatureza volta desafiar os zelantes da Natureza com uma Campanha de Voluntariado para a Vigilância de Incêndios Faia Brava 2018, de 15 de Junho a 15 de Setembro. 
Desta forma, a ATNatureza apela ao espírito conservacionista de todos para ajudarem na prevenção de fogos na Reserva da Faia Brava, área que, desde 2005, não arde, graças aos esforços de todos.

Para além disso, a Reserva da Faia Brava e área envolvente representam a mancha de sobreiral e azinhal mais importante do distrito da Guarda e, depois dos eventos trágicos ocorridos no último ano, a sua proteção é ainda mais preocupante e urgente.

A Campanha que apresentamos resume-se na vigilância de ocorrências de pontos de incêndios na Reserva da Faia Brava e áreas envolventes e a respectiva comunicação das mesmas às autoridades competentes e à ATNatureza.

Uma vez que este procedimento se cumpra, a Campanha permite, no entanto, que o voluntário disfrute do território, mesmo enquanto está “em serviço”, podendo praticar os seus passatempos favoritos (dança, leitura, pintura).

INSCREVA-SE JÁ! Ajude-nos a prevenir!

Os apoios prestados aos voluntários traduzem-se em:
- Alojamento;
- Kit Básico de Alimentação (bens não perecíveis);
- Kit de Vigilância

Aos voluntários, a ATNatureza pede que estes venham munidos de:
- Capacidade resistência ao calor (topo da capela, bastante exposta ao sol)
- Espírito aberto;
- Saco-Cama e toalhas; 

Turnos de Vigilância:
Diário:
17h – 22h (23h em período crítico)
Fim-de-Semana:
09h – 16h
16h – 22h (23h em período crítico)

ENGLISH VERSION


ATNatureza returns to challenge Nature's zealous with a Volunteer Campaign for the 2018 Faia Brava Fire Surveillance Campaign, from June 15th to September 15th.


In this way, ATNatureza appeals to the conservationist spirit of all to help in the prevention of fires in the Faia Brava Reserve, an area that, since 2005, has not burned thanks to the efforts of all.
In addition, the Faia Brava Reserve and surrounding area represent the most important overhang and azinhal spot in Guarda district and, after the tragic events that have occurred in the last year, its protection is even more worrying and urgent.
The Campaign we present is summarized in the surveillance of occurrences of fire points in the Reserve of Faia Brava and surrounding areas and their respective communication to the competent authorities and to ATNatureza.
Once this procedure is fulfilled, the Campaign allows the volunteer to enjoy the territory, even while he is "in service", being able to practice his favorite hobbies (dance, reading, painting).

REGISTER NOW! Help us to Prevent!

The support provided to volunteers includes:
- Accommodation;
- Basic Food Kit (non-perishable goods);
- Surveillance Kit

To the volunteers, ATNatureza asks that they come equipped with:
- Capacity resistance to heat (top of the chapel, quite exposed to the sun)
- Open spirit;
- Bag-bed and towels;

Surveillance Shifts:
Daily:
17h - 22h (23h in critical period)
Weekend:
09h - 16h
16h - 22h (23h in critical period)