segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Passeio guiado à Faia Brava- 24 janeiro de 2009

A Associação Transumância e Natureza convida-o a participar e a divulgar a actividade que irá realizar-se no próximo dia 26 de Janeiro. A informação referente ao percurso encontra-se no anexo. Com os melhores cumprimentos,Filipa Viegas


A Reserva da Faia Brava é um projecto desenvolvido pela ATN, pioneiro a nível nacional. Em breve, esta reserva ambiciona ser uma das primeiras áreas protegidas de âmbito privado em Portugal, objectivo que tem levado a ATN a desenvolver projectos de conservação da natureza. Convidamo-la/o neste percurso pedestre a visitar a reserva, conhecer e participar nos nossos projectos. Visite um alimentador de abutres, passeie junto dos nossos garranos no projecto de silvo-pastorícia, deslumbre-se com os pombais tradicionais, descanse junto dos nossos pomares e participe no projecto 1 Milhão de Sementes para o Vale do Côa, plantando uma árvore. Venha aprender como cada uma destas acções apoia a conservação do mosaico agro-florestal típico da região, uma paisagem única, essencial para a preservar a biodiversidade das terras de Riba-Côa.Programa do percurso:

A visita começa às 9h00, em frente da igreja da aldeia de Algodres, e tem a duração aproximada de 8 horas, com várias pausas e um merecido descanso e almoço nas Hortas da Sabóia (futuro centro de recepção a visitantes). A partir de Algodres, seguiremos até à entrada da Reserva da Faia Brava, percorrendo parte da mancha de sobreiral mais extensa do distrito da Guarda. Dentro da reserva, poderá observar alguns resultados da campanha de reflorestação que tem sido levada a cabo desde 2004, visitar um magnifico pombal tradicional recuperado, contemplar as margens do rio Côa e visitar o campo de alimentação de aves necrófagas. Durante o almoço, nas Hortas da Sabóia, poderá visitar o nosso viveiro florestal, onde são produzidas as árvores autóctones da região e interagir com os garranos mais jovens da Faia Brava. Depois do almoço, cada visitante plantará uma árvore, deixando um contributo importante para recuperação do bosque da Faia Brava. No regresso a Algodres, terá a oportunidade de conhecer um olival tradicional, de produção biológica, que dá origem ao azeite de qualidade superior Faia Brava, marca própria da ATN. produzido para a campanha Faia Brava. Chegada a Algodres às 17.00h. Dificuldade: Média. Distância: 8 kmPreço e o que inclui:Actividade gratuita para sócios da ATN. 9 euros para não sócios. Inclui seguro de acidentes pessoais, visita guiada por técnico da ATN, material para observação de aves (binóculos, telescópio), árvore para plantação.*Notas: almoço de campo não incluído. Por favor, consulte a ATN em relação à possibilidade de incluir um almoço de campo. Em caso de mau tempo a visita será adiada para data a combinar com os participantes. Para usufruir de seguro, é indispensável o envio da ficha de inscrição e comprovativo de pagamento até 2 dias antes da actividade