domingo, 7 de fevereiro de 2010

Novos estágios da UA na Faia Brava

Estudo do funcionamento e da importância dos alimentadores artificiais para as aves necrófagas

Eduardo Realinho (Curso: Licenciatura em Biologia - Universidade de Aveiro)
Tendo por objectivo ajudar um das espécies de aves mais ameaçada a nível nacional, o Abutre do Egipto, aumentando os recursos alimentares disponíveis, este estágio pretende avaliar a importância da alimentação artificial para estas aves. Como alimento a fornecer serão utilizados essencialmente ossos – subprodutos provenientes da comercialização de animais para consumo humano, que serão obtidos em talhos. Este alimento será depositado em diferentes locais dentro da Reserva da Faia Brava e, visto que se trata de uma espécie bastante territorial, os locais escolhidos para deposição do alimento nunca distarão muito das zonas onde nidificam os casais de Abutre do Egipto, ficando assim assegurado o uso dos pontos de alimentação pelo maior número possível destas aves.
Para observação do comportamento e dos resultados, estão a ser preparados pequenos observatórios junto dos pontos de alimentação.

Apesar de direccionado para o Abutre do Egipto, todas as espécies de aves e indivíduos que tirarem proveito do alimento fornecido serão registados.
No final, espera-se, com a análise dos dados obtidos, poder afirmar-se quais as melhores estratégias a seguir para garantir o devido suplemento alimentar para esta espécie em particular.