domingo, 31 de outubro de 2010

Documentário do passeio com a Árvores de Portugal

Ontem dia 30/10/2010, realizamos o primeiro encontro temático com a associação Árvores de Portugal, que foi dedicado à ecologia florestal e às árvores monumentais na Faia Brava e no concelho de Figueira. Esta actividade estava programada há mais de um mês e chegámos prever a vinda de pertor de 20 sócios das duas ONGs. Infelizmente as condições meteorológicas impossibilitaram a vinda de alguns e finalmente fomos 9 os que acabamos por realizar uma das saídas de campo mais interessante de 2010. Ora vejam:

- as condições climatéricas eram, de facto, adversas!























- o programa começou com a visita ao viveiro e logo depois toda a gente plantou uma árvore (vejam o Nabais todo contente a esfregar a mãos!)


 

















- No Sobreiro grande da Faia Brava, colocámos uma placa de identificação sobre esta magnifica árvore classificada.


















- à sombra desse Sobreiro planeámos projectos futuros (agora há lá uns banquinhos muito jeitosos).

- Na Azinheira grande de Vale de Afonsinho nos reunimos....,

- e o Miguel Rodrigues mediu-a com vista à sua classificação futura (se não me engano deu 3,5 m de PAP).


- Visita ao carvalhal do Convento de St.ª Maria de Aguiar. Uma bela mata de carvalhos negrais!


- No carvalhal, procuraram-se vestigios de animais, ouviram-se cantos de aves, imaginou-se o tempo em que esta mata tinha sido 100 vezes mais extensa!

- No Prado da Gadanha, uma lameiro de 10 hectares, com carvalhos negrais, freixos, salgueiros, encontrámos um enorme choupo.

- Que futuro para o Prado da Gadanha??!!


- De seguida fomo ver o Sobreiro velho de Nave Redonda, um venerável gigante que alguém apelidou de Belo Horrível.

- Pobre sobreiro, o que ele já passou!, mas resiste, e agora com menos sombra de pinheiro está até mais verde.

- Houve ainda tempo de observar outros grandes sobreiros existentes na mesma propriedade, este com cerca de 4 m de PAP está saudável e poderá evoluir para exemplar classificável.


- Finalmente, já com luz rasante fomos visitar a Azinheira de Almofala, uma estupenda árvore classificada que este Verão teve o fogo a poucos metros.  





 Foi um dia magnifico!