quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A adrenalina do programa de vigilância da Faia Brava

A ATN gere uma rede de câmaras fotográficas com sensores de movimentos e flashes de infravermelhos na Reserva da Faia Brava. Neste momento são 6 as câmaras em pleno funcionamento, prontas a disparar à passagem de algum animal (camera trapping). Nas próximas semanas teremos 16 câmaras em acção. Estas câmaras são simplesmente colocadas em locais de passagem de fauna, escondidas do nosso olhar, e não é feita qualquer iscagem.
Esta rede de vigilância enquadra-se no projecto BIOFAIA (Faia Brava - um lugar para a biodiversidade), apoiado pelo Fundo EDP para a Biodiversidade, e é uma ferramenta essencial para:
1 - conhecer melhor e conservar a fauna existente, identificando espécies e até indivíduos, e as suas áreas de distribuição na Faia Brava;
2 - conhecer melhor as actividades humanas praticadas neste espaço natural (pastorícia, caça, pedestrianismo) e o número de visitantes;
3 - conhecer a condição geral dos indivíduos da manada de garranos que ocupa parte dos terrenos da Faia Brava, em zonas pouco acessíveis ou remotas;
4 . finalmente, as imagens obtidas podem ser um meio poderoso de divulgação do projecto e da biodiversidade da Faia Brava e de sensibilização ambiental.

Explicados que estão os objectivos e as potencialidades deste sistema, resta dizer que é sempre com enorme espectativa que regressamos à sede da ATN, após um dia de visita às câmaras de vigilância, para abrir os ficheiros e ver o que apanhámos desta vez.

No dia 16 de Dezembro, às 6 da manhã, ainda noite cerrada na Faia Brava, a câmara #2HCO detectou a cauda de um Gato-bravo. O felídeo passou junto à câmara, parou por alguns segundos, mostrando a sua cauda anelada e peluda, e seguiu viagem.



Sim, desta vez foi só uma cauda, mas a adrenalina e o grito de alegria que se ouviu no escritório da ATN ao ver esta cauda, mostra a paixão com que encaramos cada momento de trabalho neste projecto.

As câmaras são os nossos olhos na reserva quando lá não estamos... E há sempre qualquer coisa interessante a acontecer na Faia Brava.