quarta-feira, 22 de junho de 2011

Abutre de Rüppell

O campo de alimentação de aves necrófagas presente na Reserva já nos tem oferecido momentos de vida selvagem espectaculares. Periodicamente juntam-se nestes momentos espécies ou indivíduos atípicos que permitem observações raras de algumas aves. Depois de visitas esporádicas de um Grifo albino e de Abutre-preto, esta foi a vez aparecer um Abutre de Rüppell.

Esta espécie diz-se exclusivamente africana mas por vezes alguns indivíduos deslocam-se até à Europa. Com um comprimento de 85 a 97 cm é um abutre de tamanho médio, menor que os Grifos e de plumagem maioritariamente castanho-escuro com pontas mais claras nas penas do corpo. Possui penas de voo escuras. Pode confundir-se com o Grifo, no entanto este é menos manchado e tem uma plumagem uniforme castanho-claro.

Outras observações desta espécie no nosso país são raras e até final de 2009 foram homologadas 13 observações:
·         1992, 26-Mai e 11-Jun, Barragem de Cedillo, Nisa
·         1993, 20-Ago, Ribeira de Nisa, Nisa
·         1998, 5-Jun, Tejo Internacional
·         1999, 18-Fev, Tejo Internacional
·         1999, 14-Ago, Portas de Ródão
·         2004, 9-Mai, 13-Jun e 24-Jun, Portas de Ródão
·         2004, 2-Nov, Sagres
·         2004, 19-Dez, Portas de Ródão
·         2005, 18-Set, Entradas, Castro Verde
·         2005, 31-Out a 2-Nov, perto de Mértola
·         2008, 10-Out, cabo de São Vicente
·         2009, 6 a 9-Out, Sagres e Barão São João  (Vila do Bispo)
·         2009, 15-Out, cabo de São Vicente