segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Momentos especiais na Faia Brava 2011 - I

Começa hoje e acontecerá durante os próximos tempos a publicação de diversos posts curtos, que servem para enfatizar um pouco do muito trabalho que se tem sido feito na Faia Brava. Um trabalho quase silencioso, feito fora dos holofotes da comunicação social, através da dedicação, às vezes voluntariosa, de todos os que acreditam neste projecto, com especial destaque para a equipa técnica e para os voluntários.

O primeiro post sobre esses momentos especiais vai para a visita do especialista alemão Reinhard Oelke (especialista em variedades primitivas de cavalos, em especial o Sorraia - ver http://www.sorraia.net/), à Faia Brava (e também à Reserva de Campanários) em Abril deste ano. A sua visita foi extremamente útil em termos de aconselhamento sobre a gestão e processo de valorização do nosso projecto Garranos. Sabemos agora exactamente qual é o Garrano que queremos a deambular nos quase 800 hectares da Faia Brava, aquele que melhor se adapta, aquele que melhor realiza as suas tarefas de preveção contra fogos, aquele que mais se aproxima do fenótipo do cavalo primitivo. Sabemos agora algo sobre cavalos, falta então fazer essa pequena revolução no terreno, comprando mais cavalos, aumentando a área de pastagem, fazendo selecção e cruzamentos de foma rigoroza.

Ei-lo ao Reinard Oelke) fotografando os garranos "selvagens" da Faia Brava.






Fica também a sugestão The Only One, não liguem ao nome do grupo mas antes ao da canção.