domingo, 11 de setembro de 2011

"Caçando" garranos!

No passado Sábado (dia 3 de Setembro) uma das actividades incluídas no Convívio Anual de Sócios da ATN, constava em caminhar 5 Km na companhia de alguns garranos da Faia Brava.

Para isso houve que previamente encontra-los e literalmente captura-los, numa pequena incursão pelos barrocais graniticos na zona do Silveiral onde vivem os 3 garranos "mansos". Pudemos contar com a ajuda de dois jovens figueirenses, o Daniel Recto e o Valter Rézio, que pelo amor que nutrem pelos equideos, dada a tradição estar muito presente nas suas familias (de etnia Cigana), vieram voluntariamente ajudar-nos nessa tarefa .

Vivendo a totalidade do tempo em regime livre, "a campo", sem suplementos alimentares, e sem perturbação, mesmo os cavalos mais mansos e ensinados a montar, como a Zora, a Luna e o Zimbro negam uma aproximação súbita e a captura por parte de humanos. Assim há que conduzi-los até um antigo palheiro onde por vezes se abrigam, para que dentro desse espaço confinado seja mais facil e rápido apanha-los e colocar-lhes os arreios.

Ficam aqui algumas fotos dessa pequena aventura (de meia-hora) que foi logo seguida de um passeio em "pelo" (ou seja sem selas), a atestar os conhecimentos equestres dos jovens tratadores, e a demonstrar a docilidade e bom carácter destes três garranos.

A ATN dispõe destes 3 animais (montados) precisamente para fazer passeios pela reserva. Caso pretenda fazer essa experiência contacte a ATN e combine uma visita. Não necessita de saber montar pois pode simplemente levar o animal à rédea, usando por exemplo o garrano para transporte de mantimentos.