terça-feira, 29 de novembro de 2011

Sabem donde vem o nome faia em FAIA BRAVA?

Sabem donde vem o nome faia em FAIA BRAVA? Quem arrisca um palpite? O que é uma faia?

Não, não é uma árvore. Na Faia Brava existem sobreiros, azinheiras, carvalhos, zambujeiros, mas nem uma única faia...

Que estranho!

Então, o que é uma faia?

Faia é um termo local/regional, topónimo que aparece associado a lugares escarpados destes rios do Nordeste de Portugal. A Faia Brava é a escarpa mais vertical e impressionante do Côa.

Aqui está uma fotografia do João Sousa, com a Faia Brava ao fundo, ao nascer do sol, durante um dia em que a equipa andava ocupada com o censo anual de Perdiz-vermelha.

E mais curiosidades sobre estas faias?

Não sabemos que nome dava o Homem do Paleolítico às faias, é verdade. Mas que estas tiveram também alguma importância para a vida deste homem nómada e caçador-recolector, quanto a isso não há dúvida.
Em frente desta Faia Brava, existe outra Faia, um dos núcleos de arte rupestre paleolítica classificada pela UNESCO como Património da Humanidade.

Imagem das gravuras da Faia, retirada do website http://www.arte-coa.pt/

Na imagem é possível ver cabeças de auroque gravadas e pintadas sobre granito, durante o Paleolítico Superior (10 000 a 35 000 mil anos atrás). Este é o único núcleo do vale do Côa onde aparece também a pintura.

Aqui estão mais duas boas razões para gostar da Faia Brava e para a visitar vezes sem conta.