segunda-feira, 25 de julho de 2011


Gone camping…

Over the past 6 weeks I’ve had the chance to camp out twice in the Faia Brava Reserve.

In June Mariana (a volunteer from Portugal and I spent almost 2 weeks waking to the (very loud!) singing of the many songbirds that call Faia Brava home, having breakfast in the great outdoors, working with Ricardo, the Reserve Ranger, as he patrolled the Reserve, planted seedlings and carried out his various duties, and then, at the end of the day, watching the sun set before crawling into our tents for a well-earned rest.

Then, in July, I camped out there for a week in the company of about 15 others – ATN staff, interns and volunteers – as part of this year’s International Work Camp. This was an altogether different experience – more animated, with volunteers from Portugal, Switzerland and Belgium. The work was related to forest themes this year, with lots of watching out for forest fires but also involved working in the tree nursery, bird watching and insect and mammal surveys to name just a few of the activities.

Staying at the Saboia campsite certainly allows you to enjoy everything that the Reserve has to offer – the early morning birdsong, the sight of the Griffon and Egyptian vultures and they gather to feed, the tranquillity and peace that no urban area could possibly provide, not to mention the spectacular sunsets that can fool you into believing you’re looking at the African plains, rather than the scrublands of this beautiful area of north-east Portugal.

Before I leave here in September, I hope to repeat this experience - no television, no computer, no traffic, no stress…


Al campeggio…

Nelle ultime 6 settimane, ho avuto l’opportunità di fare campeggio due volte nella Riserva Faia Brava.

In giugno Mariana (una volontaria dal Portogallo ed io abbiamo passato quasi 2 settimane svegliandoci al canto (molto alto!) dei tanti uccelli canori che vivono a Faia Brava, mangiando la colazione all’aria aperta, lavorando con Ricardo, la guardia forestale mentre faceva il proprio lavoro, es. piantare piantine o controllare le case tradizionali per i piccioni, e poi, alla fine della giornata, guardando il tramonto prima di trascinarsi a letto per un riposo ben meritato.

In luglio, ho passato una settimana lì nella compagnia di circa 15 altri – staff, stagisti e volontari di ATN – durante il Campo di Lavoro Internazionale del 2011. Questa era un’esperienza totalmente diversa da quella precedente – più animato, con volontari del Portogallo, dalla Svizzera e dal Belgio. Il lavoro si concentrava sulle tematiche forestali, con molta vigilanza anti-incendio ma anche lavoro nel vivaio, il bird watching, ed inventari di insetti e mammiferi per dirne solo alcune delle attività di quest’anno.

Accamparsi al campeggio di Saboia ti permette sicuramente di godere tutto quello che la Riserva ti può offrire – il canto degli uccelli di prima mattina, lo spettacolo degli avvoltoi quando si riuniscono per mangiare, la tranquillità e la pace che nessun area urbano ti potrebbe dare, per non parlare dei tramonti bellissimi che ti possono fare credere di guardare le pianure dell’Africa invece della macchia tipica di questa zona del nord-est del Portogallo.

Prima di lasciare il Portogallo a settembre, spero di ripetere questa esperienza – nessuna televisione, nessun computer, nessun traffico, nessuno stress…

Text by: Sarah Pogue
Photos by: Sarah Pogue (top)
                 Mariana Nascimento (middle and bottom)

Reportagem da Revista Noticias Magazine

 Para os que não compraram a revista no domingo podem ler aqui o artigo.

Boas leituras


Recortes de Imprensa, Projetos turísticos

Projetos turísticos comuns criam maior oferta turística na região.
RTP
... de áreas classificadas e protegidas: um parque natural, um parque arqueológico ea primeira área protegida privada do país, a Reserva da Faia Brava. ...



Projetos turísticos promovem região do Douro
... de áreas classificadas e protegidas: um parque natural, um parque arqueológico e a primeira área protegida privada do país, a Reserva da Faia Brava. ...
www.viva-porto.pt/index.php?option=com...
Áreas Protegidas em Portugal
Área Protegida tipo: Reserva Natural. Estuário do Tejo. Área Protegida tipo: Reserva Natural. Faia Brava. Área Protegida tipo: Área Protegida Privada ...
plantas.apoiarmais.com/a_protegida.php

terça-feira, 5 de julho de 2011

Recortes de Imprensa Abutre raro

Abutre raro sobrevive a electrocussão depois de meses de tratamento
Público.pt
O abutre foi libertado na sexta-feira passada na Reserva da Faia Brava, no vale do Rio Côa, em Figueira de Castelo Rodrigo. “Escolhemos este local por ter ...

domingo, 3 de julho de 2011

Recortes de Imprensa - Campo de Voluntariado alerta verde


Campo de voluntariado na Reserva da Faia Brava - Ecosfera - PUBLICO.PT
De 9 a 16 de Julho, a Associação Transumância e Natureza organiza um campo de voluntariado jovem, para participantes dos 18 aos 30 anos, que se irá realizar ...
www.ecosfera.publico.pt/noticia.aspx?id=1500591

Campo de Voluntariado Jovem na Reserva da Faia Brava - Nova Guarda
Uma iniciativa que irá decorrer na Reserva da Faia Brava, com o apoio do Instituto Português da Juventude (IPJ), e que se destina a jovens entre os 18 e os ...
www.novaguarda.pt/noticia.asp?idEdicao=788&id...

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Já estão disponiveis os resultados do VIII FORO DE BIODIVERSIDAD

Ya está disponible on line la relatoría del Foro Hispano Luso de Desarrollo Rural que se celebró en Ciudad Rodrigo


Ciudad Rodrigo acogió el pasado mes de mayo el VIII Foro de Biodiversidad del Comité Español de la UICN, que trató sobre los agrosistemas ibéricos. La celebración del mismo fue posible gracias a la colaboración de la Fundación Naturaleza y Hombre, dentro de su Foro Hispano Luso de Desarrollo Rural, Conservación de la Naturaleza y Biodiversidad, y el apoyo del Ministerio de Medio Ambiente, Medio Rural y Marino (MARM), de los fondos FEADER, y del Centro de Cooperación para el Mediterráneo de la UICN. Expertos españoles y portugueses debatieron e intercambiaron experiencias, buenas prácticas y conocimientos con diversos actores locales de la gestión de áreas protegidas y desarrollo rural. Además, el foro sirvió para abogar por una mayor alianza entre las iniciativas  públicas y privadas que beneficien a  la conservación de la biodiversidad en el Oeste Ibérico, así como para poner en valor la necesidad de avanzar hacia un desarrollo rural que mantenga vivos los ecosistemas de esta zona, tan valiosos, permitiendo así una vida digna para los habitantes que favorecen la conservación de estos espacios naturales.   Las dos primeras jornadas del Foro, de desarrollo teórico, se llevaron a cabo en el Palacio de los Águila de Ciudad Rodrigo, cedido por el Ministerio de Cultura; mientras que el último día los asistentes pudieron disfrutar de una visita de campo a la Reserva Biológica Campanarios de Azaba, gestionada por la Fundación Naturaleza y Hombre. Podéis consultar las ponencias del foro en este enlace Asimismo, también está disponible la relatoría del Foro Descargar archivo

2as Jornadas Nacionais de Olivicultura Biológica Olival - bens e serviços do ecossistema

Local: Figueira de Castelo Rodrigo
Data: 09 e 10 de Setembro de 2011




Organização:
Centro de Investigação e Tecnologias Agro-Ambientais e Biológicas/Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (CITAB/UTAD)
Centro de Investigação de Montanha/Escola Superior Agrária de Bragança (CIMO/ESAB)
Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas/Universidade de Évora (ICAM/UE)
Associação de Agricultores para Produção Integrada de Frutos de Montanha (AAPIM)
(Associação de Produtores de Azeite da Beira Interior (APABI)
Associação Transumância e Natureza (ATN)

Público alvo: .
..Empresários e organizações profissionais e interprofissionais (nas áreas agrícola, agro-alimentar e do turismo)
. Profissionais da administração regional e local (na área do ambiente, saúde e cultura)
. Organizações não governamentais (na área do ambiente, saúde e cultura)
. População (cidadãos intervenientes activos)

Programa e ficha de inscrição aqui.

Mais informações geral@atnatureza.org