terça-feira, 30 de agosto de 2011

Jornada dupla de actividades

O passado fim de semana foi bastante preenchido na Reserva da Faia Brava com uma jornada dupla de actividades sábado e domingo.

No sábado à noite e madrugada de domingo entre as 22h e as 02h teve lugar uma sessão de amostragem das borboletas nocturnas existentes na RFB, uma actividade integrada nas Noites Europeias das Borboletas Nocturnas onde os participantes foram premiados com uma Hyles euphorbiae, um Sphingideo muito vistoso.





Na continuação da madrugada de domingo (abertura das redes as 4h da manhã) houve uma sessão de anilhagem de passeriformes em colaboração com a Associação Portuguesa de Anilhadores de Aves (APAA) para os trabalhos de campo do atlas das aves invernantes e migradoras.





Foram anilhadas 208 aves de diversas espécies destacando-se a presença de Toutinegra Real, um dos símbolos da reserva.
Agradecemos a presença dos participantes e dos promotores, esperando repetir estas actividades numa próxima oportunidade. 

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Faia Brava - um lugar para a biodiversidade

Em 2008, a ATN preparou o Plano de Gestão da Faia Brava (PGFB), que define estratégias de gestão para o futuro desenvolvimento deste espaço natural entre 2009 e 2019, tendo como objectivo principal a conservação da biodiversidade da ZPE do Vale do Côa.

Para implementação do PGFB, foi criado o projecto Reserva da Faia Brava – um lugar para a biodiversidade (BIOFAIA), financiado pelo Fundo EDP para a Biodiversidade (2009). Trata-se de um plano de acção de 2 anos, que tem como objectivo geral potenciar e conservar a biodiversidade da Reserva da Faia Brava, a primeira área protegida privada do país. Os objectivos específicos deste projecto são: (a) aplicar métodos de gestão de habitats para conservar activamente a biodiversidade prioritária da RFB; (b) fortalecer a sustentabilidade económica do projecto.


O sub-projecto A (Estudo e gestão activa de habitats e espécies prioritários na Reserva da Faia Brava) centra-se sobretudo no restauro ecológico da área, através da recuperação de habitats e espécies prioritárias e do mosaico agro-florestal típico da região, e na execução anual de uma série de metodologias de seguimento de fauna, flora e habitats alvo de acções de gestão activa.


O sub-projecto B (Estratégia de visitação da Reserva da Faia Brava) consiste na preparação de um documento estratégico sobre visitação da RFB, baseado no estudo, preparação e divulgação de um programa de actividades a realizar pelos visitantes da Reserva da Faia Brava. Estas acções permitem cativar apoios para o projecto através da venda de serviços e angariação de sócios, e assim libertar recursos para a conservação, apoiando a sua auto-sustentabilidade económica da Reserva da Faia Brava.

Este projecto entrou em execução no mês de Janeiro de 2010 e tem uma duração prevista de 2 anos, contando com a parceria da Universidade de Aveiro – Departamento de Biologia.

Através do trabalho desenvolvido no projecto BIOFAIA, a reserva Faia Brava foi classificada em Dezembro de 2010 como a primeira área protegida privada (APP) do país. Para a gestão exclusiva da zona classificada como área protegida privada (214 ha) e com base no Plano de Gestão da Reserva da Faia Brava, foi elaborado um documento estratégico – Plano de Gestão da APP Faia Brava – aprovado pelo Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) e anexado ao protocolo de gestão assinado pela ATN e pelo ICNB. Este documento pretende definir, para 10 anos, as acções de restauro ecológico e gestão de habitats e espécies, o seu estudo e monitorização, assim como um conjunto de actividades que permitam alcançar a longo prazo a sustentabilidade financeira do projecto. As próximas etapas deste processo serão a entrega do primeiro relatório anual de actividades na APP (Dezembro de 2011) e, em 2012, o alargamento da APP.



No âmbito do projecto BIOFAIA estão já executadas na totalidade as acções de recuperação e construção de infra-estruturas, quer aquelas que permitem a conservação da área florestal da reserva (sobreiral) – a construção e gestão de um novo viveiro florestal e a construção de uma vedação de 100 ha para a permanência de uma manada de cavalos garranos, quer na área do desenvolvimento da estratégia de visitação da APP (Centro de Recepção de visitantes), que inclui um abrigo fotográfico e a valorização do espaço de recepção ao visitante das Hortas da Sabóia.

As áreas da Faia Brava sujeitas a acções de restauro ecológico, permitiram até ao momento: a recuperação de cerca de 3 km de galerias ripícolas, através da plantação anual de mais de 10 000 árvores; a recuperação de cerca de 20 ha de parcelas cerealíferas, que apoiam a conservação de populações e recuperação de Perdiz-vermelha e Coelho-bravo.
Relativamente aos estudos e inventários realizados até ao momento, foram integrados no projecto cerca de 10 investigadores, foram completados 4 inventários (invertebrados, flora e répteis e anfíbios, e mamíferos), num total de cerca de 600 espécies identificadas até ao momento. A situação do único casal de Águia de Bonelli da ZPE do Vale do Côa também foi estudada com detalhe, visto que em 2010 não foi conhecida a localização de ninho e o sucesso reprodutor. O casal criou com sucesso em 2011, uma cria voadora num novo local, situado mais a norte, no limite da Faia Brava.
Anualmente são já recebidos cerca de 800 visitantes na Faia Brava, estando este número muito próximo do limite fixado para 2019. As colaborações com empresas de animação turística, municípios e escolas têm aumentado, sendo esperado ultrapassar os 1000 visitantes em 2011.

domingo, 21 de agosto de 2011

Outras ONGs ...

Aqui fica o exemplo de uma associação checa ( Euro Wildlife) com um trabalho digno de registo e um artigo com um tema aliciante e polémico... quais são os melhores cavalos para os processos de renaturalização de reservas como a Faia Brava....? 


Uma foto de um grupo de cavalos de Przewalski numa área de reserva do Parque Nacional de Cevennes (França), em 1999 (Foto de Ana Berliner).



Let's get to France.






sábado, 20 de agosto de 2011

Belos momentos 2011 (III)

Entre Março e Abril procedemos à recuperação de um casebre e a um conjunto de pequenos melhoramentos na Sabóia (Centro de Recepção da Faia Brava). Estas obras vão ser abertas aos socios no próximo dia 3 de Setembro e estamos a contar que a malta adira a este convívio anual (a ATN precisa dessa mobilização por parte dos sócios.. inscrevam-se o quanto a antes pois já só faltam 15 dias).

Eis umas fotos do arranjo do telhado.






A Brigada de Incêndios

Retomando um post de 2010 sobre o efeito da herbivoria da manada de 25 garranos (que a ATN gere na Faia Brava) em termos de redução do risco de incêndio, vimos divulgar um interessante post to Woulter Helmer no blog da Fundação Rewilding Europe: the-grazing-fire-brigade


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Pic Nic na Faia Brava

Na semana passada, um casal amigo duma sócia, decidiu, tornarem-se sócios e visitarem a Faia Brava.
A visita iniciou-se pela manha com a observação de algumas aves que voavam os céus mesmo com a temperatura aumentar, passamos pelo gigante e respeitado sobreiro, para a foto  de família.  Os mais pequenos ainda deram uma ajuda na rega das jovens plantas e ficou prometida uma nova visita para a época de plantação e ajudar a plantar algumas dessas jovens árvores.

Deixamos o convite a todos os sócios a trazer os amigos e familiares para se juntarem a família Faia Brava e darem o seu contributo, e não se esqueçam de participar no convívio anual de sócios.

Ficam as fotos do belo pic nic .....





segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Quebra-ossos visitam Portugal

Foi com enorme satisfação que encontramos provas viáveis da visita de Quebra-ossos ao nosso país, espécie dada como extinta há mais de 100 anos em Portugal. Dois indivíduos reintroduzidos na região espanhola de Andaluzia, que foram marcados com aparelhos de seguimento GPS, visitaram o território nacional nas zonas do Douro Internacional e mais a Sul, na Beira Baixa. Fantásticas noticias e esperança de que um dia se possa olhar para o céu e encontrar um destes abutres à procura de ossos dos quais se alimenta.

Veja toda a informação aqui.


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Momentos Especiais 2011 - II (Bonelli)

Junho de 2011 - os biólogos Alice Gama (coordenadora da ATN) e João Godinho (a realizar a tese de Mestrado Univ. Aveiro) descobrem um novo local de nidificação do único casal de Águia de Bonelli da ZPE do Vale do Coa/APP Faia Brava. Trata-se de informação importantíssima (confirmou-se uma cria voadora) para a conservação desta verdadeira jóia faunística da Faia Brava. De referir o apoio de toda a restante equipa da ATN nesta importante e difícil descoberta (Eduardo Realinho, João Quadrado, Ana Luísa Catarino e Ricardo Nabais).





Aqui fica o aplauso dos pombos: Take her back

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Momentos especiais na Faia Brava 2011 - I

Começa hoje e acontecerá durante os próximos tempos a publicação de diversos posts curtos, que servem para enfatizar um pouco do muito trabalho que se tem sido feito na Faia Brava. Um trabalho quase silencioso, feito fora dos holofotes da comunicação social, através da dedicação, às vezes voluntariosa, de todos os que acreditam neste projecto, com especial destaque para a equipa técnica e para os voluntários.

O primeiro post sobre esses momentos especiais vai para a visita do especialista alemão Reinhard Oelke (especialista em variedades primitivas de cavalos, em especial o Sorraia - ver http://www.sorraia.net/), à Faia Brava (e também à Reserva de Campanários) em Abril deste ano. A sua visita foi extremamente útil em termos de aconselhamento sobre a gestão e processo de valorização do nosso projecto Garranos. Sabemos agora exactamente qual é o Garrano que queremos a deambular nos quase 800 hectares da Faia Brava, aquele que melhor se adapta, aquele que melhor realiza as suas tarefas de preveção contra fogos, aquele que mais se aproxima do fenótipo do cavalo primitivo. Sabemos agora algo sobre cavalos, falta então fazer essa pequena revolução no terreno, comprando mais cavalos, aumentando a área de pastagem, fazendo selecção e cruzamentos de foma rigoroza.

Ei-lo ao Reinard Oelke) fotografando os garranos "selvagens" da Faia Brava.






Fica também a sugestão The Only One, não liguem ao nome do grupo mas antes ao da canção.