domingo, 19 de fevereiro de 2012

24 de Março | Dia da Árvore | Caminhada pelo Castanheiro de Guilhafonso


Sábado, 24 de Março de 2012

Horário: 9:00 até 16:00


De Rasa,Guarda até ao Castanheiro de Guilhafonso



As acções de sensibilização são uma ferramenta importante para fomentar uma mudança de atitudes, com vista a comportamentos mais sustentáveis. Apesar da sensibilização por si só não levar a mudanças permanentes, é um passo importante para a consciencialização dos cidadãos relativamente aos problemas ambientais contemporâneos.

Neste sentido o Núcleo da Quercus – Guarda, a Associação Transumância e Natureza e a Associação Árvores de Portugal vão levar a cabo um conjunto de acções de sensibilização dirigidos aos cidadãos da Guarda. Um exemplo deste tipo de acções é a “caminhada do dia da árvore”. Neste contexto, escolhemos um trilho que nos leva ao Castanheiro de Guilhafonso, um belo e antigo exemplar, classificado como árvore de interesse público. Recentente alertámos para os problemas que esta árvore tem e o estado de degradação em que se encontra. Assim, num ato puramente simbólico, iremos plantar um castanheiro no mesmo local. Pretendemos ainda assinalar o dia “Limpar Portugal".

Caminhada pelo castanheiro de Guilhafonso, comemorar o dia da árvore. Plantação de um castanheiro.  Limpeza do lixo durante o percurso.


Partida da rotunda da Rasa, às 9:00 horas


Custo 3 euros.
Inscrições aqui.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Queimada ou 1.º incêndio de 2012

Ontem, dois membros do staff da ATN e três estagiários tiveram que entrar em acção e combater as chamas bem perto das Hortas da Sabóia, em plena Reserva da Faia Brava.

Este incêndio foi resultado de uma queimada realizada por pastores e graças à nossa intervenção, foram salvos alguns sobreiros.

O terreno está seco, e, com o vento, as chamas levantaram-se a dois metros de altura, queimando algumas ramas de sobreiros.

Se não chove em breve, vai ser o pior ano de sempre.






fotos da autoria do Eduardo Realinho

Deixamos um apelo aos interessados em colaborar com a ATN. No Verão a ATN necessita de muito apoio de voluntários para efectuar a campanha de vigilância na Faia Brava. Todos os interessados devem enviar email para geral@atnatureza.org.

Limpeza de pontos de água na Quinta do Ervideiro

Há algum tempo que estava para ser agendada esta tarefa de limpeza das nascentes localizadas na quinta do Ervideiro, propriedade da ATN na freguesia de Cidadelhe.

Hoje foi esse dia, o staff, na companhia de três estagiários, deslocaram-se até à quinta para proceder à limpeza de silvas e ervas, que tapavam a entrada dos pontos de água.

A limpeza de pontos de água é extremamente útil para a fauna silvestre e para os herbívoros domésticos, podendo assim chegar à água, que este ano é escassa por estas bandas.

Esperemos que a chuva venha depressa.








Fotos da autoria de Ana Esteves.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Rewilding Europe e Faia Brava em artigo de capa da revista GEO

Depois de em 2011 a edição alemã da revista GEO ter publicado um artigo de capa sobre o regresso da vida selvagem na Europa, que incluía em grande destaque a Reserva da Faia Brava, o mesmo artigo da jornalista Anke Sparmann foi agora publicado em 11 países e está disponível para download gratuito e em várias línguas!

Anke descreve o regresso da vida selvagem um pouco por toda a Europa, a variedade de espécies existentes e como estão a aumentar, dando especial ênfase a algumas áreas incluídas na iniciativa Rewilding Europe, como o Oeste Ibérico.  


After the publication in 2011 in the german edition of GEO Magazine of a cover story article about the return of wildlife in europe, where Faia Brava was mentioned, the same article, from the journalist Anke Sparmann, was now published in 11 more countries and is available as free download in several different languages

Anke describes the astonishing comeback of wildlife across Europe, the variety of species and how they are increasing, especially in some Rewilding Europe areas, as Western Iberia.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

É um Sobreiro Português com certeza ..........

Fotografias tiradas hoje, nos arredores de Castelo Mendo - concelho de Almeida.

Hortas da Sabóia!

As instalações que a ATN dispõe na Faia Brava, para receber visitantes, estão na Sabóia, e encontram-se à disposição de todos os visitantes do GR - Vale do Côa.

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Sobreiro Árvore Nacional - Oficialíssimo!

Agora há que usar e disfrutar deste símbolo, para bem das árvores e da nação!

Primeiro nascimento 2012

Na madrugada de dia 8 de Fevereiro, com temperaturas muito baixas (-5 ºC), nasceu o primeiro garraninho da manada. É filho da Zora e do Zimbro.

Não foi na Faia Brava mas em breve vai para lá!

(Fisrt Faia Brava garrano of 2012. Son of Zora and Zimbro)







terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Faia Brava na Imprensa Regional

Reserva da Faia Brava, gerida pela Associação Transumância e Natureza ( ATN), “cresceu” em janeiro para sul, até à estrada que liga Vale de Afonsinho, continua aqui

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Novo cercado para herbívoros - parte 2

Falou-se aqui recentemente sobre o início dos trabalhos de construção do novo cercado para herbívoros, um cercado que pretende alargar a área disponível para os herbívoros na Faia Brava. 

Embora possa parecer artificial manter animais dentro de espaços fechados, a colocação de vedações na Faia Brava tem sido feita respeitando várias regras de modo a minimizar o seu impacte na paisagem e na fauna, ao mesmo tempo que é importante manter os custos baixos.

Essas regras são:
- Não utilizar arame farpado, para evitar acidentes e mortalidade de animais silvestres;
- Manter a rede afastada do solo 10 a 20 cm, para permitir a passagem de animais silvestres;
- Incluir locais especiais de passagem para animais de médio porte como javali, corço, raposa;
- Integrar a vedação na paisagem, através da plantação de sebes.

O meta é que as vedações sejam o mais permeáveis possível para os animais, mantendo os herbívoros de grande porte, como os cavalos e vacas introduzidos pela ATNno seu interior.

Resta ainda lembrar que estas vedações têm um carácter temporário e serão retiradas assim que houver condições para que os animais ocupem a área livremente. 


Recently we talked about the construction of the new fenced area for herbivores, which enables us to enlarge the available area for the Faia Brava herbivores. 

Although it may seem artificial to maintain the animals in closed areas, the fences at Faia Brava have been made in such a way as to reduce the negative impact to the landscape, to the fauna and so as to maintain the costs as low as possible. 

Those rules are:
- to avoid the use of barbed wire, to avoid accidents and fauna mortality;
- to maintain the net 10 to 20 cm above from the ground, to allow the passage of fauna;
- to include crossing spots for medium size animals like wild boar, roe deer, fox;
- to integrate the fences as much as possible in the landscape, by building hedges.

The main goal is to keep the fences as permeable as possible for wildlife, keeping only large herbivores, like horses and cows introduced by ATN,  inside.

And it is goof to remember that fences are temporary and should be removed as soon as possible, so that the animals can use the area freely.

VOLUNTARIADO NA FAIA BRAVA | FAIA BRAVA VOLUNTEERS

VOLUNTARIADO | Herbívoros/Herbivores

Esta primavera, a Faia Brava prepara a chegada de mais herbívoros. Depois de uma manada semi-selvagem de garranos, a ATN vai agora iniciar uma nova etapa com vacas maronesas. Há muito trabalho para fazer, sobretudo em construção de infrastruturas, mas também acompanhamento dos animais. Estamos à procura de voluntários com força e energia!

This spring, Faia Brava is preparing for the arrival of more herbivores. After a herd of garrano horses, ATN will now start a new phase with maronesa cows. There is a lot to be done,
mainly with building infrastructures (fences, doors, etc), but also monitoring animals. We need volunteers with lots of strength and energy!

Datas/Dates: Fevereiro a Maio. February to May.

Programa/Main tasks: Construção de vedações para herbívoros (cavalos e vacas); Construção de cancelas e mangas de maneio e manjedouras; Seguimento e alimentação de animais. Fence construction for herbivores (horses ans cows), construction of wildlife observation hides, herbivores monitoring.

Projecto: Rewilding Europe




VOLUNTARIADO | 1 Milhão de Sementes para o Vale do Côa
Desde 2005 a 2011, por exemplo, foram plantadas na Reserva da Faia Brava, cerca de 24 000 árvores de espécies autóctones e foram semeadas 500 000 bolotas. Estas reflorestações têm ajudado à constituição de cortinas de árvores folhosas, diversificação do coberto vegetal, aumento da biodiversidade, protecção contra fogos e protecção contra a erosão. Estas acções têm sido desenvolvidas com o enorme apoio de voluntários. Sem esta preciosa mão-de-obra e entusiasmo, os resultados alcançados por este projecto seriam com certeza menores.
Precisamos de voluntários sem medo de meter as mãos em terra e com força para trabalhos florestais (poda de árvores, desmatações manuais, etc).



From 2005 to 2011, around 24.000 trees have been planted at the Faia Brava Reserve, along with half a million seeds of different species of oaks. This reforestation action has helped to recover stream vegetation, flora and fauna diversity, to protect the area against future fire events and against soil erosion. These activities have been developed with a huge support from volunteers. Without this precious help and enthusiasm, the achieved results would definitely have been smaller. We need volunteers with no fear of getting their hands dirty and with strength for forestry work (prunning and vegetation cleaning).

Datas/Dates: Fase 1 - Outubro a Março; Fase 2 - Julho a Outubro. Phase 1- October to March; Phase 2 – July to October.
Programa/Main tasks: Fase 1 - plantação de árvores e sementes, manutenção do viveiro florestal; podas e limpezas florestais; Fase 2 - manutenção do viveiro florestal, rega de árvores e vigilância diária contra fogos. Phase 1 - tree and seed planting, tree nursery maintenance, tree pruning, forest cleaning tasks; Phase 2 - tree nursery maintenance, tree watering, fire surveillance.
Outras tarefas secundárias/secondary tasks: manutenção de pombais tradicionais, alimentação de cavalos garranos, entre outras. Pigeon houses maintenance, horse feeding, among others.



VOLUNTARIADO | Aves Rupícolas

No âmbito do projecto “Cliff-Breeders/Aves Rupícolas”, projecto internacional, que decorre desde 2000, este programa de voluntariado pretende apoiar as acções práticas de conservação e monitorização das populações de aves rupícolas na Reserva da Faia Brava, ZPE do Vale do Côa. Os participantes recebem formação prática na identificação e conservação de aves de rapina e apoiam a ATN nos trabalhos de campo de monitorização de populações e de restauro ecológico. Estamos à procura de voluntários com alguma experiência em trabalhos práticos de ecologia e sem medo de madrugadas no campo.

Part of ATN’s Cliff-Breeders Conservation Programme, which is being implemented since 2000, the goal of this volunteer programme is to support practical actions for the conservation of cliff-breeder populations, which nest at the Faia Brava Reserve (Côa Valley SPA). The volunteers will receive practical information on birds of prey ID and conservation practices, and also aid ATN through field work in population monitoring and habitat restoration activities.

Datas/Dates: Janeiro a Agosto. January to August.
Programa/Main tasks: Seguimento do período de reprodução das aves rupícolas; Seguimento do Campo de Alimentação de Aves Necrófagas; Monitorização de espécies-presa (Perdiz-vermelha, Coelho-bravo, Pombo-das-rochas). Breeding surveys of cliff-breeding populations; Vulture Feeder Monitoring; Prey-species surveys (Red Partridge, European Rabbit, Rock Pigeon).
Outras tarefas secundárias/Secondary tasks: manutenção alimentadores de Perdiz-vermelha; Manutenção de sistema de camera-trapping; construção de abrigos de observação de fauna. Partridge feeders maintenance, Camera-trapping system maintenance, construction of wildlife observation hides, among others.