quinta-feira, 14 de março de 2013

Os Sábados do Abel



Caros sócios e amigos da ATN e da Faia Brava se querem dar um útil e activo contributo a estes projetos juntem-se a nós (voluntários) todos os Sábados.

Chamamos-lhes os "Sábados do Abel" (o Sr. Abel Coito é o funcionário de campo da Faia Brava com uma missão de Conservador da faia Brava), pois desde Outubro que o Abel trabalha preferencialemnte ao sábado em vez de outro dia "útil" da semana, precisamente para poder receber e acompanhar alguns voluntários (do costume) que têm no sábado um dia livre para virem à Reserva. Assim os Sábados do Abel são também os Sábados do António, da Ana, da Maria, do Manolo, do Luis, do José, e de muito outros solidários voluntários que com o seu trabalho braçal têm vindo ajudar a ATN nas mais diversas tarefas no campo. Em verdade estes sábados são os verdadeiros sábados da A., da nossa Associação!, onde todos podemos ser úteis à Faia Brava, ou pelo menos acreditar que cada um de nós pode fazer a diferença para uma Faia Brava melhor, isto é com mais vida silvestre, com mais valor como Reserva Natural, mais preparada para receber visitantes. E enfim a ideia também é dar o nosso grãozinho de areia para um planeta e um mundo melhor.

Este post serve para fazer um apelo a todos os que queiram efectivamente ajudar o Abel a fazer o seguinte:

- Cortes de lenhas secas, desmatações, desramações, e outras acções de silvicultura preventiva, que visam reduzir o risco de incêndio, criar clareiras, melhorar acessos pedonais, combater alguns problemas fitosanitários, nas zonas de bosque e matos da FB (estes trabalhos ocorrem sobretudo nos meses de Outono e Inverno e são acompanhados por um técnico florestal); estes trabalhos podem envolver motoserras e motoroçadouras para quem as souber usar, mas qualquer pessoa pode dar um contributo importante com uma simples tesouras de poda, serrotes de poda, ganchas para amontoar o mato cortado, ou umas simples luvas.

- Plantação de árvores do viveiro (Inverno). É das actividades com maior mobilização de voluntários. Mas mesmo assim podem vir muitos mais pois há sempre mais plantas ou sementes para plantar na Reserva.

- Plantação de salgueiros em estaca (nas linhas de água). A maioria das linhas de água da Reserva estão desprovidas de vegetação ripícola. O que fazemos é cortar estacas de 1º ano de salgueiros em zonas onde estes são abundantes (fora da reserva) e depois espetar essas estacas nas margens das linhas de água e nas charcas. É um trabalho muito fácil de fazer, basta luvas e umas galochas. faz-se agora no fim do Inverno.

- Recolha de sementes de árvores e arbustos autóctones para o viveiro. Falta-nos muito apoio nesta tarefa, que pode ser feita ao longo de todo o ano (pois há muitas espécies autóctones com períodos de frutificação diferentes ex: zimbros, abrunheiros bravos, cerejeiras bravas, - Primavera, /cornalheiras, pilriteiro, roseiras, zelhas - Verão; / quercineas, lodãos, figueiras, estevas, giestas, piornos - Outono/ medronheiros, folhados, quercineas, heras, gilbardeiras - Inverno ). Um par de luvas e muita paciência servem para esta tarefa, em troca podem ver-se paisagens maravilhosas em sitios selvagens como por exemplo o Douro Internacional. A ideia é dedicarmos um sábado cada trimestre à recolha de sementes.

- Manutenção do viveiro florestal (todo o ano);

- Manutenção de trilhos, veredas (todo o ano);

- Reconstrução (simples) da cobertura de palheiros, antigos abrigos de pastores, casebres (Primavera e Verão), esta acção envolve o corte de giestas, colocação de estrutura de madeira e cobertura com giestas;

 - Vigilância de cavalos e vacas (todo o ano);

- Recolha de lixos e manutenção de espaços de lazer (todo o ano);

- Manutenção de vedações e criação de sebes nas vedações dos cavalos e vacas (todo o ano)

- Inventário de fauna, flora e cogumelos (todo o ano).

...etc

A ideia é anunciarmos semanalmente cada 2ª feira as tarefas que iremos dedicar no próximo sábado, por isso estejam atentos e avisem sempre o secretariado da ATN que nos vêm fazer uma visita (271311202 ou secretariadoatn@gmail.com.

Neste próximo Sábado do Abel a ideia é plantar estacas de salgueiros na linha de água da Frieira (umas 50 estacas estaria bem) e depois dar uma volta para saber dos cavalos e vacas. O ponto de encontro costuma ser às 8:00 na Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo.

Ficam aqui uma miscelânea de fotos das actividades feitas com voluntários.