domingo, 22 de dezembro de 2013

Voltam os "Sábados do Abel" (um apelo ao trabalho voluntário na Faia Brava)


 
Caros sócios e amigos da ATN,

se querem dar um útil e activo contributo ao Projeto Faia Brava juntem-se a nós (voluntários) todos os sábados. Chamamos-lhes os "Sábados do Abel" (o Sr. Abel Coito é o funcionário de campo da Faia Brava com uma missão de Conservador da Faia Brava), pois trabalha preferencialmente ao sábado em vez de outro dia "útil" da semana, precisamente para poder receber e acompanhar alguns voluntários (do costume), que têm no sábado um dia livre para virem à Reserva. 

Assim, os Sábados do Abel são também os Sábados do António, da Ana, da Maria, do Manolo, do Luis, do Henk, do José, e de muito outros solidários voluntários que, com o seu trabalho "braçal", têm vindo a ajudar a ATN nas mais diversas tarefas no campo. 

Em verdade, estes sábados são os verdadeiros sábados da nossa Associação! Onde todos podemos ser úteis à Faia Brava, ou pelo menos acreditar que cada um de nós pode fazer a diferença para uma Faia Brava melhor, isto é com mais vida silvestre, com mais valor como Área Natural, mais preparada para receber visitantes. E enfim, a ideia também é dar o nosso grãozinho de areia para um planeta e um mundo melhor. 

Este post serve para fazer um apelo a todos os que queiram ajudar o Abel a fazer o seguinte

- juntar em montes as giestas e ramos de árvores procedentes das desmatações, desramações, e outras acções de silvicultura preventiva, que visam reduzir o risco de incêndio, criar clareiras, melhorar acessos pedonais, combater alguns problemas fitosanitários, nas zonas de bosque e matos da FB . 
Qualquer pessoa pode dar um contributo importante com uma simples tesoura de poda, serrotes de poda, ganchas para amontoar o mato cortado, ou umas simples luvas. A ATN empresta as ferramentas. 

- plantação de árvores do viveiro (Inverno). É das actividades com maior mobilização de voluntários. Mesmo assim podem vir muitos mais pois há sempre mais plantas ou sementes para plantar na Reserva.
 
- plantação de salgueiros em estaca (nas linhas de água). A maioria das linhas de água da Reserva estão desprovidas de vegetação ripícola. O que fazemos é cortar estacas de 1º ano de salgueiros, em zonas onde estes são abundantes (fora da reserva), e depois espetar essas estacas nas margens das linhas de água e nas charcas. É um trabalho muito fácil de fazer, basta ter luvas e umas galochas. Fz-se agora no fim do Inverno.
 
- recolha de sementes de árvores e arbustos autóctones para o viveiro. Falta-nos muito apoio nesta tarefa...
 
- manutenção do viveiro florestal (todo o ano)
 
- reconstrução (simples) da cobertura de palheiros, antigos abrigos de pastores, casebres (Primavera e Verão), esta acção envolve o corte de giestas, colocação de estrutura de madeira e cobertura com giestas

- vigilância de cavalos e vacas (todo o ano)
 
- recolha de lixos e manutenção de espaços de lazer (todo o ano)
 
- manutenção de vedações e criação de sebes nas vedações dos cavalos e vacas (todo o ano)
 
- inventário e fotografia de fauna, flora e cogumelos (todo o ano)


Anunciaremos semanalmente, à segunda-feira, as tarefas a que nos iremos dedicar no próximo sábado. Por isso, estejam atentos e contactem previamente o secretariado da ATN, sempre que decidirem fazer-nos uma visita, para podermos activar o seguro de voluntariado para vós (271311202 ou geral@atnatureza.org).