segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

BIOGRAFIAS DO STAFF | STAFF BIOGRAPHIES Nicola Scacchetti



O meu nome é Nicola Scacchetti, tenho 28 anos, e sou Engenheiro Florestal.

Nasci perto dos Alpes, perto da fronteira com a França, no norte da Itália, e cresci numa pequena aldeia entre a Tuscania e a Emilia-Romagna. Foi o meu avô quem me ensinou a amar os bosques, a conhecer cada montanha, e a procurar cogumelos. No dia do meu nascimento, ele plantou uma faia, que agora já tem mais de oito metros de altura.

Em 2005, vivi em Moçambique durante um ano e estudei na Escola Internacional de Maputo. Durante este período, aprendi a falar Português. Em 2010, licenciei-me, na Faculdade de Agronomia, em Ciências do Território e do Ambiente Agroflorestal. Em 2011, fiz o programa Erasmus e tive a oportunidade de frequentar, durante 6 meses, o Mestrado em Conservação e Gestão dos Recursos Naturais no Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa. Em 2013, obtive o grau de Mestre em Engenharia Florestal. Já no âmbito profissional, em Fevereiro de 2015, trabalhei num projeto de desenvolvimento rural e de agricultura sustentável no Haiti, uma importante experiência para mim. Trabalhei também na Guiné-Bissau durante um ano, até Setembro de 2016.

Viajei muito pelo mundo, em particular por países africanos, e tive a sorte de ver com os meus próprios olhos áreas incontaminadas, com valores naturais incríveis, momento em que o meu empenho pela conservação da natureza se fortaleceu.

Em 2012, entrei em contacto com a Associação Transumância e Natureza com o objetivo de realizar um estágio na Reserva da Faia Brava. Desde então mantive a curiosidade e a vontade de trabalhar com a ATN e continuei a seguir as atividades desenvolvidas pela associação e as notícias online. Os projetos impressionaram-me pela sua visão estratégica, dinamismo, e capacidade de inovação. Esta oportunidade de aqui trabalhar enche-me de entusiasmo, por isso, quando se materializou a possibilidade de integrar a equipa, não tive dúvidas.

--

My name is Nicola Scacchetti, I'm 28 years old, and I'm a Forestry Engineer.



I was born near the Alps, close to the border with France, in northern Italy. I grew up in a small village between Tuscania and Emilia Romagna. It was my grandfather who taught me to love the woods, to know every mountain, and to look for mushrooms. On the day of my birth, he planted a beech tree, which is now more than eight meters high.



In 2005, I lived in Mozambique for a year and I studied at the Maputo International School. During this period, I learned to speak Portuguese. In 2010, I graduated from the School of Agronomy, in Territory Sciences and Agroforestry Environment. In 2011, I did the Erasmus program and had the opportunity to attend the Master’s courses for Natural Resource Conservation at the Institute of Agronomy of the University of Lisbon, for 6 months. In 2013, I obtained a Master's degree in Forest Engineering. In the professional context, in February of 2015, I completed an important experience in Haiti, where I worked on a rural development and sustainable agriculture project. I also worked in Guinea-Bissau for a year, until September 2016.



I have traveled a lot around the world, particularly in African countries, and I was fortunate to see with my eyes uncontaminated areas and incredible natural values, at which point my commitment to nature conservation strengthened.



In 2012, I got in touch with the Associação Transumância e Natureza in order to hold an internship at the Faia Brava Reserve. Since then I have kept my curiosity and the desire to work at ATN and continued to follow its activities and online news. Their projects impressed me for their strategic vision, dynamism, and capacity for innovation. This opportunity to work for the association fills me with enthusiasm, so when I had the opportunity to work here, I had no doubts.