terça-feira, 28 de junho de 2016

Venha ajudar a Construir com Técnicas Tradicionais de Eco Construção

















A ATN (Associação Transumância e Natureza) promove a aprendizagem de técnicas tradicionais de eco-construção com rebocos de argila, reboco de cal e carpintaria, num dos locais mais emblemáticos do Parque Natural do Douro Internacional.
Apareça, entre os dias 9 e 17 de julho, na Ribeira do Mosteiro, um local de grande interesse geológico, faunístico, florístico e arqueológico.
O alojamento é opcional, poderá acampar em tenda (própria) ou acantonar dentro do moinho recuperado.
A ATN oferece seguro e um kit de ingredientes para que os participantes preparem as suas refeições.
Há WC e para tomar banho, pode desfrutar do belo ribeiro de água translúcida que envolve o local.
A atividade não tem qualquer custo de participação
Inscrições através dos contactos 

Tel/Fax: +351 271 311 202

JÁ SAIU A PUBLICAÇÃO MAIS NATURAL DA EUROPA!


JÁ SAIU A PUBLICAÇÃO MAIS NATURAL DA EUROPA!
A publicação anual do Rewilding Europe (Annual Review) chegou à ATN.
Voltamos a lembrar que o Rewilding Europe é um projeto europeu que pretende naturalizar 1 milhão de hectares até 2020, sendo a Faia Brava uma área piloto do Oeste Ibérico (Western Iberia).
Nesta edição, volta a estar em destaque a Reserva da Faia Brava com os seus projetos Western Iberia, Star Camp e educação ambiental.
A Annual Review pode ser descarregada aqui.   


EUROPE'S BEST NATURE PUBLISHING IS NOW AVAILABLE!
The Rewilding Europe's publishing (Annual Review) arrived at ATN.
Remember that Rewilding Europe is a European project that aims to develope 1 million natural hectares till 2020, and Faia Brava is a pilot area of the Western Iberia.
The Faia Brava destak goes for its projects for Western Iberia,  Star Camp and enrironmental education.
For download Annual Review, please click here.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Campanha de Vigilância de Incêndios 2016 – Seja voluntário(a) na Reserva da Faia Brava e disfrute viver no coração de uma Área Protegida.

Inclui
·         Kit de alimentação
·         Bicicleta para a Reserva
·         Alojamento em antiga escola recuperada
·         Acampamento opcional no coração da Reserva da Faia Brava
·         Binóculos
·         Certificado de participação

Quando
2016-07-01 até 2016-09-30
Onde
Área Protegida Privada da Faia Brava e ZIF Algodres/Vale de Afonsinho
Nome do Contacto
Telefone do Contacto: 271 311 202
 e-mail: geral@atnatureza.org
Participantes
Maiores de 18 anos.

Neste Verão, a Associação Transumância e Natureza (ATN) procura voluntários para ajudar na vigilância contra fogos. Com um grupo de amigos ou a título individual, venha viver a experiência única de colaborar com a nossa equipa de campo e a nossa equipa técnica nas acções de vigilância e prevenção de incêndios rodeado pela Natureza e muita biodiversidade!
O programa é aberto a pessoas com mais de 18 anos que tenham gosto em estar em contacto com o mundo natural e em contribuir para a sua defesa e protecção.
Os voluntários ficarão alojados na Aldeia de Algodres (aproximadamente a 3,5 km da Reserva da Faia Brava e a 800m do local mais utilizado para a vigilância, a Capela de Santa Bárbara). O alojamento será na antiga Escola Primária que foi remodelada, possuindo um conjunto de comodidades que permitem uma estadia agradável, incluindo casa de banho e cozinha. Na aldeia de Algodres existe um café com acesso Wifi à internet, minimercado e um posto de correios.
Será fornecida uma caixa com ingredientes básicos para os voluntários poderem confeccionar as suas refeições.
É possível utilizar bicicleta para facilitar o transporte até à Reserva e é também possível acampar no coração da Reserva da Faia Brava.
O período de duração (datas) é definido pelos voluntários conforme a sua disponibilidade. Durante o seu período de voluntariado deverá garantir a vigilância contra incêndios durante um período do dia, definido previamente pela ATN. No seu tempo livre deixe a calma tomar conta de si, inspire-se no património paisagístico da região e desfrute da sua passagem pelo apaixonante vale do Côa.
A inscrição é obrigatória, devendo para tal contactar a Associação Transumância e Natureza através do email ou telefone.

Ajude-nos a manter a Reserva da Faia Brava livre de incêndios!

sexta-feira, 24 de junho de 2016

CONCEITUADOS FORMADORES DE AVIFAUNA AJUDAM A CONHECER AS AVES DE RAPINA





A 9ª edição do curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, que decorreu entre 17 e 19 de Junho, contou com a presença de formadores conceituados na área da ornitologia (Carlos Pacheco , Eduardo Realinho , Jorge Amaral , José Jambas e Ricardo Brandão ), que revelaram a melhor maneira de reconhecer as aves rapinas diurnas e nocturnas.

A Reserva da Faia Brava, o Parque Natural do Douro Internacional e o Parque Natural Arribes del Duero foram os locais escolhidos para a prática da actividade, que foi organizada pela Associação Transumância e Natureza (ATN), em parceria com a SPEA, o CERVAS e o ICNF.

Os participantes receberam binóculos, um guia de aves para facilitar a actividade, e tiveram acesso a telescópios. Houve passeios por percursos ricos em colónias de espécies da região e os manuais entregues facilitaram aos formandos a sua identificação, a determinação da idade de adultos e jovens, as variações de plumagem, entre outras características

O bom tempo e a boa disposição dos participantes contribuíram para o avistamento das mais variadas espécies de aves como o Bútio-vespeiro (Pernis apivorus), o Milhafre-preto (Milvus migrans), o Milhafre-real (Milvus milvus), o Britango (Neophron percnopterus), o Grifo (Gyps fulvus), o Abutre-preto (Aegypius monachus), a Águia-cobreira (Circaetus gallicus), a Águia-caçadeira (Circus pygargus), o Gavião (Accipiter gentilis), a Águia-de-asa-redonda (Buteo buteo), a Águia-real (Aquila chrysaetos), a Águia de Bonelli (Aquila fasciata), a Águia-calçada (Hieraaetus pennatus), o Peneireiro-vulgar (Falco tinnunculus), o Falcão-peregrino (Falco peregrinus) e o Mocho-d’orelhas (Otus scops).


A 9ª edição do curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina chegou ao fim com um notável número de aves avistadas. Para o ano prometemos um novo curso, intensivo, e sempre melhor.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Campos de Alimentação de Aves Necrófagas re-activados no Douro Internacional | Vulture Feeding Stations reactivated at the Douro International Natural Park

Após trabalhos de restauro, três Campos de Alimentação de Aves Necrófagas (CAAN) foram re-activados no Parque Natural do Douro Internacional, no âmbito do Projecto LIFE Rupis. Um destes campos situa-se em Almofala (Figueira de Castelo Rodrigo), outro em Poiares (Freixo de Espada à Cinta) e ambos serão geridos pela Associação Transumância e Natureza. Um terceiro, situa-se em Bruçó (Mogadouro) e será gerido pela associação Palombar. Estes três CAAN, em conjunto com outros cinco existentes em Espanha, no Parque Natural de los Arribes del Duero, farão parte da rede de alimentadores onde será implementada uma estratégia de alimentação artificial direcionada para o britango, uma das espécies ameaçadas alvo do projecto LIFE Rupis. No âmbito deste projecto serão criados três novos CAAN, que irão reforçar a rede do lado português.
A reactivação destes CAAN no âmbito do LIFE Rupis prevê um plano de acompanhamento e gestão com base numa estratégia de alimentação e de monitorização do uso dos alimentadores pelas espécies-alvo. Esta estratégia irá definir as tipologias de alimento, quantidades e frequência de deposição, tendo por base o número de casais de britango que nidificam na envolvência dos CAAN. No que diz respeito à monitorização serão registados o número de indivíduos e frequência de uso dos CAAN através de observação directa e com recurso a técnicas de armadilhagem fotográfica. No âmbito do LIFE Rupis já começou a alimentação suplementar para o britango a titulo experimental, conforme demonstra a  foto 1.
One of the feeding stations is located at Almofala (Figueira de Castelo Rodrigo), another at Poiares (Freixo de Espada a Cinta) and both will be managed by the Associação Transumância e Natureza. A third, is located at Bruçó (Mogadouro) and will be managed by Associação Palombar. These three feeding stations, together with five other existing in Spain, in the Parque Natural Arribes del Duero, are part of the network of carrion bird feeding stations where an artificial feeding strategy will be implemented, directed to the conservation of the  Egyptian Vulture, one of the endangered species and target of the Life RUPISproject. Three additional feeding stations will be built to improve the network on the Portuguese side.

The reactivation of these feeding stations will be accomplished by establishing a supplementary feeding strategy and monitoring plan to assess their use by the target species.

The supplementary feeding strategy for the Egyptian vulture was defined by the project team with the goal of implementing the action, and defines food types, quantities and food deposition rate, based on the number of Egyptian vultures pairs which nest in the surroundings of each feeding station. With regard to monitoring, data being recorded include the number of individuals and the frequency of use of the feeding station, through direct observation and use of photographic trapping devices. 

As you can see in the picture 1, the supplementary feeding for the EgyptianVulture is already showing some results!