terça-feira, 27 de setembro de 2016

Apresentação | Presentation Lotte Sanders

Olá , Sou a Lotte Sanders, 22 anos de idade e sou estudante de Gestão de Floresta e Natureza na  Wellantcollege Gouda, na Holanda.  Tive uma boa oportunidade de ser estagiária da Associação Transumância e Natureza. Durante a minha estadia tive a oportunidade de trabalhar com pessoas extraordinárias , aprendi muito e fiz imensas coisas interessantes como a  monitorização de coelhos e perdizes, recolher sementes, estudar os cavalos selvagens da Reserva da Faia Brava e trabalhar no viveiro florestal. Queria agradecer à equipa ATN  por esta maravilhosa experiencia e espero esperançosamente pela próxima oportunidade.


Hello, I am Lotte Sanders, 22 years old and a student of forest and nature managemen  at Wellantcollege Gouda, Netherlands. I had a great oppurtunity to be an intern at ATN for 5 weeks. During my stay I had a chance to work with amazing people, learned a lot and did many interesting things like monitoring rabbits and partridges, collecting seeds, studying the wild horses in Faia Brava and working in the tree nursery. I thank the ATN crew for an amazing experience and hopefully till a next time!

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Apresentação | Presentation Luís Ribeiro

Sou o Luís estudante de ecoturismo na Escola Superior Agrária de Coimbra e um apaixonado pela Natureza. Quero tornar-me um naturalista! Ahahah ( grande gargalhada) porque nem sei ainda identificar uma mosca! No entanto, estou a dar o meu melhor para  ajudar esta Associação fantástica, que para mim é um ícone da Conservação da Natureza em Portugal. O meu principal objectivo é aprender e partilhar conhecimentos, ajudar em tudo o que for preciso e apoiar actividades relacionadas com ecoturismo e conservação. Quero principalmente apreciar, melhorar as minhas competências e viver esta experiência maravilhosa. Aprecio realmente a oportunidade que me foi dada e sei que vou ser útil em muitas coisas. Obrigado Por tudo.

 I'am Luís a ecotourism student in Escola Superior Agrária de Coimbra and a nature lover. I want to become a naturalist! Ahahah (huge laugh) because i don't even know how to identify a fly, :) however, i am trying to do my best here at this amazing associacion, that for me is an icone of nature  conservation in Portugal. My main objective here is to learn and share knowledge, help in whatever is needed and support with the activities related with (eco-) tourism and conservation. I just want to appreciate, to improve my skills and  live. I really appreciate this opportunity given to me and i know i'll be usefull in many things...Thanks for everything

Apresentação do estagiário / Presentation Luc van Abeelen

O meu nomé é Luc van Abeelen tenho 21 anos de idade. Venho da Holanda e vivo em Goire (perto de Tilburg). O nome da minha escola é HAS Hoeschool’s- Hertogenbosh e estou a estudar Engenharia da Paisagem. Durante o meu estágio na ATN vou fazer uma investigação sobre a visão a longo prazo da Associação Transumância e Natureza. Assim durante as 10 semanas do meu estágio na ATN vou pesquisar algumas possibilidades para a Reserva da FAia Brava e para a ATN. Primeiro terei que fazer uma análise de campo à Reserva da Faia Brava, quando terminar vou começar com a pesquisa. Para além disso vou tentar aprender bastante com as pessoas que trabalham para a ATN e claro tentar conhecer a Reserva o melhor possível.

My name is Luc van Abeelen and I'm 21 years old. I'm from The Netherlands and live in Goirle(nearby Tilburg). The name of my school is HAS Hogeschool 's-Hertogenbosch and I'm studying Landscape Engineering. During my traineeship I'm gonna make a research about the long vision term off Associação Transumância e Natureza. So during my 10 week's traineeship I will examine what kind of possibilities there are for Faia Brava and ATN. First I have to make a field analysis of Faia Brava, when I finished that I will start with the research. Beyond that, i will learn a lot from the amazing people who work for ATN and of course try to see the Reserve as much is possible.  

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Iniciação à Observação de Aves dia 1 de Outubro Eurobirdwatch2016

Junte-se à ATN e venha celebrar e participar no Eurobirdwatch 2016 participando numa atividade de Iniciação à Observação de Aves
A actividade é GRATUITA e é uma oportunidade para todos aqueles que se querem iniciar na Observação de Aves e conhecer a Reserva da Faia Brava.
.
O Eurobirdwatch é o maior evento europeu dedicado à observação de aves e pretende sensibilizar o público para as aves migradoras e os seus habitats. Iniciou-se em 1993 e é sempre comemorado no primeiro fim de semana de Outubro.

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Detecção da Presença do Britango (Rupis) que está a ser seguido com GPS

Foi há aproximadamente dois meses que o Rupis, um abutre-do-egipto com três anos de idade, foi capturado com o intuito de instalar um emissor GPS/GSM/UHF e libertado no Parque Natural de los  Arribes del Duero (Foto Abutre capturado: José Jambas). O objectivo é o de conhecer e compreender os movimentos migratórios desta ave durante dois anos.
O Rupis tem estado a maioria do seu tempo do lado espanhol, não muito longe da fronteira portuguesa. (Seguir RUPIS AQUI)
Ao longo destes meses a equipa constituída pela  SPEA (Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves)entidade coordenadora do projeto e os  oito parceiros (a Associação Transumância e Natureza, a Palombar, o Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, a Junta de Castilla y León, a Fundación Patrimonio Natural de Castilla y León, a Vulture Conservation Foundation, a EDP Distribuição e a Guarda Nacional Republicana) tem estado a monitorizar as deslocações de Rupis e para além de ser possível acompanhar os seus movimentos através da ligação: http://rupis.pt/pt/mapa-dos-movimentos-de-britango/ por vezes os técnicos da ATN  vão ao campo para confirmar a sua posição e tentar conhecer melhor os seus hábitos.

No artigo apresentamos  duas imagens obtidas durante uma destas saídas de campo em que é possível observar o equipamento de detecção do Rupis (Fotos: Eduardo Realinho)


Nos próximos dias o Rupis migrará para o Sul e irá passar o Inverno em África.






Apresentação do Projecto Rupis nas Escolas aos professores das escolas de Freixo de Espada Cinta e Figueira de Castelo Rodrigo



No âmbito do projecto Rupis foi apresentado, em colaboração com a SPEA ( Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves), no passado dia 8 de Setembro, o Projecto RUPIS apresententou a ação dirigida ao público escolar  “Rupis nas escolas” junto das escolas de Freixo de Espada à Cinta e Figueira Castelo Rodrigo.
É objectivo geral  sensibilizar a comunidade escolar e a população para a conservação de aves de rapina ameaçadas (nomeadamente o britango e a águia-de- bonelli ). Para tal, a colaboração dos professores  é uma preciosa ajuda.
Dar a conhecer estas espécies, conhecer as principais ameaças à sua conservação, compreender o impacto das actividades humanas na sua conservação e conhecer os valores naturais e culturais do seu território são objectivos específicos deste plano de educação.
A SPEA será responsável pela dinamização de actividades educativas em contexto de sala de aula e a ATN ficará responsável pela dinamização das saídas de campo para alunos e professores com o intuito de dar a conhecer, na prática, os valores naturais existentes nos diferentes municípios e de que forma a conservação do território poderá influenciar na conservação das espécies-alvo a trabalhar no âmbito do Projecto.
No dia anterior, 7 setembro, o Programa Escolar do Life Rupis (2016/17 a 2018/19) foi apresentado nos agrupamentos escolares de Miranda do Douro e Mogadouro, pelos parceiros SPEA e Palombar, tendo estado presentes no total das apresentações cerca de 120 professores. Além destes agrupamentos, também estão previstas atividades com as escolas do lado espanhol da área de intervenção do projeto (Arribes del Duero), a dinamizar pela Fundación Patrimonio Natural de Castilla y León, também parceiro do Life Rupis. Saiba mais sobre a componente de Educação Ambiental do projecto em http://www.rupis.pt/pt/educacao-ambiental/





quarta-feira, 14 de setembro de 2016

A ATN vai estar presente na 8ª Edição da Feira OBSERVANATURA

A todos os sócios e simpatizantes da Associação Transumância e Natureza fica o CONVITE a nos visitar à Feira que já é uma referência na promoção do Turismo de Natureza, com especial destaque para o turismo ornitológico. É uma oportunidade para os sócios e simpatizantes poderem conhecer de perto o trabalho que está a ser desenvolvido e também a possibilidade de adquirir alguns dos nossos produtos e desta forma contribuir para a criação de mais espaços para a Natureza.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Venha ajudar a Construir com Técnicas Tradicionais de Eco Construção 2ª parte

A ATN (Associação Transumância e Natureza) em parceria Caracol de Barro (Agnelo Neutel) promove a aprendizagem de técnicas tradicionais de eco-construção com rebocos de argila, reboco de cal e carpintaria, num dos locais mais emblemáticos do Parque Natural do Douro Internacional.
O evento vai-se realizar entre os dias 1 e 15 de Outubro, na Ribeira do Mosteiro, um local de grande interesse geológico, faunístico, florístico e arqueológico.
O alojamento em acantonamento dentro do moinho recuperado.
A ATN oferece seguro e um kit de ingredientes para que os participantes preparem as suas refeições.
Há WC e para tomar banho, pode desfrutar do belo ribeiro de água translúcida que envolve o local.
A atividade não tem qualquer custo de participação
Inscrições através dos contactos 
Tel/Fax: +351 271 311 202

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Caminhada aberta à população com inauguração de novo Miradouro com vista para a Reserva Faia Brava

No passado dia 13 de Agosto decorreu uma caminhada aberta à população de Algodres e Freguesias vizinhas que teve como objectivo dar a conhecer um pouco do trabalho que a Associação Transumância e Natureza tem vindo a desenvolver e inaugurar um novo Miradouro com vista para a Reserva da Faia Brava. Um local belíssimo e estratégico para todos aqueles
que gostam de apreciar a paisagem e também para realizar uma vigilância mais apertada no âmbito da vigilância contra incêndios.
A caminhada contou com mais de 50 participantes que tiveram a oportunidade de assistir à inauguração do miradouro, a utilização deste espaço foi possível através da assinatura de um acordo de colaboração
com o proprietário José Alexandre Moutinho Nunes que permite o acesso ao público,  contribuindo desta forma  para a dinamização turística do local e para a sua vigilância mais regular.

De seguida os participantes caminharam até ao Centro de Recepção das Hortas da Sabóia onde foi servido um piquenique para restabelecer energias e dar alento para o retorno a Algodres.
A satisfação e a grande adesão dos participantes deixam antever uma edição para o próximo ano!



Excelente experiência na Reserva da Faia Brava !


Divulgamos com alegria o relato de mais dois voluntários que participaram na campanha de vigilância de incêndios.


"Excelente experiência!
Uma forma muito diferente mas inspiradora de descansar ao mesmo tempo que se dedica todo o tempo à natureza e se desfruta de paisagens ricas e da companhia de vários animais lindíssimos.
Dormir na reserva é uma oportunidade a não perder pois a noite com os seus sons, cheiros e infinitas estrelas é um encontro fascinante com a natureza.
O Marco é um fantástico anfitrião, super atencioso, que partilha muitos detalhes e curiosidades da reserva.
São dias que nos preenchem por completo, entre a sensação de ajudar a vigiar a reserva e o prazer de desfrutar da natureza."

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Férias activas cheias de bons momentos no programa de voluntariado da ATN

O Gil resolveu dedicar parte das suas férias para participar na campanha de vigilâncias de incêndios da ATN. Partilhamos o seu testemunho e agradecemos todo o empenho por ele realizado numa semana que se revelou cheia de experiências e bons momentos. Lembramos que durante o mês de Setembro ainda está a decorrer a campanha de vigilância de incêncios. Mais informação AQUI 

Sou o Gil Pereira e este ano decidi dedicar parte das minhas férias a fazer voluntariado na Campanha de Vigilância a Incêndios da ATN. Já há alguns anos que queria visitar a Reserva da Faia Brava e conhecer melhor e “ao vivo” o trabalho da ATN, por isso esta oportunidade assentou que nem uma luva!
Gostei bastante de toda a experiência pois durante a minha estadia de 1 curta semana consegui fazer praticamente tudo o que tinha imaginado!
A tarefa diária de cerca de 4 a 5 horas de vigilância cumpre-se muito bem, segundo esta minha experiência, contribuindo para isso as fantásticas vistas desde o topo de Santa Bárbara na aldeia de Algodres e sempre com um magnífico pôr do sol a fechar em beleza cada dia. Nos 4 dias de vigilância que realizei, presenciei a ocorrência de 2 fogos (sendo que um deles foi mais significativo e a poucos quilómetros do local de vigia), portanto, penso que posso considerar ter sido um período relativamente calmo.
A estadia na aldeia de Algodres foi muito agradável, tendo partilhado casa com estagiários estrangeiros da ATN e tendo tido oportunidade de confraternizar com a população local.

O acolhimento por parte dos elementos da ATN foi também muito bom, tendo reencontrado algumas pessoas que já conhecia de outros locais/projectos, e principalmente foi bastante positivo por me terem possibilitado acompanhar outras actividades de campo em curso, o que me permitiu conhecer outros locais do território do Alto Douro e “desenferrujar” um pouco os conhecimentos na área da Biologia, à qual já há alguns anos que não estou directamente ligado.
Adorei também as experiências de acampar por uma noite em plena Reserva da Faia Brava e de percorrer o troço da Grande Rota do Vale do Côa que passa dentro da Reserva, tendo-me maravilhado com a observação de garranos e grifos, para além das paisagens de cortar a respiração sobre o Vale do Côa, desde enormes penhascos nas margens e miradouros a partir de tradicionais pombais, e em pleno leito do Rio Côa, junto à ponte na estrada para Cidadelhe.
No último dia de estadia por aquelas bandas ainda tive a oportunidade de conhecer um pouco melhor Vila Nova de Foz Côa e visitar o Museu do Côa, antes de regressar desde o Pocinho pela sempre agradável linha de comboio do Douro.
Posso afirmar com grande segurança e satisfação que foram dias muito bem passados e revigorantes, pelo que recomendo a qualquer um a experiência!

Obrigado à ATN por a proporcionar!