terça-feira, 21 de maio de 2019

XII Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina


A Associação Transumância e Natureza, em parceria com o ICNF - Parque Natural do Douro Internacional, a SPEA, a Aldeia, o CERVAS, a ORIOLUS, o Município de Figueira de Castelo Rodrigo vão organizar a XII Edição do Curso de Identificação, Biologia e Conservação de Aves de Rapina, nos dias 21 a 23 de Junho de 2019.

O Curso intensivo pretende dar a conhecer a avifauna da região do Douro Internacional e Arribas do rio Águeda, assim como do Vale do Côa, com actividades de identificação guiadas por formadores especializados, onde poderá aprender a identificar rapinas, desde rupícolas a aves nocturnas, e participar na problemática da conservação destas espécies.

O curso conta com a presença dos formadores Carlos Pacheco, Jorge Amaral, José Jambas e Ricardo Brandão e o programa inclui uma visita à Reserva da Faia Brava, módulos teóricos intensivos que incluem identificação avançada de rapinas e mais profundidade técnico-científica sobre este grupo, três dias de observação no campo, actividades de chamamento de rapinas nocturnas, entre outras novidades.
No curso está incluído: seguro, material teórico, transporte nas saídas de campo, e utilização de material óptico – binóculos e telescópio. Há possibilidade dos participantes ficarem alojados num espaço cedido pela Câmara Municipal, sendo necessário cada participante trazer o seu saco-cama e colchonete.
O preço é de 120€ por pessoa, mas os sócios das associações ATN, e Aldeia pagam 100 €.  .As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas através deste:
Mais informações contacte Silvia.lorga@atnatureza.org ou através do contacto 271 311 202


PROGRAMA

PROGRAMA 21 de Junho | 1º Dia de Curso | Sexta-feira
16h30| Receção dos Participantes (Casa da Cultura de Figueira de Castelo Rodrigo)
Módulo Teórico I
17h – 17h30| A problemática da Alimentação das Aves Necrófagas c/ Carlos Pacheco
17h30 – 18h30| Ecologia, Biologia e Conservação de Aves de Rapina Diurnas no Parque Natural do Douro Internacional c/ Jorge Amaral
18h30 – 19h30| Aves de Rapina Nocturnas c/ Ricardo Brandão
19h30 – 21h| Jantar Livre
Módulo Prático I
21h – 23h00| Observação e Chamamento de Aves de Rapina Nocturnas
(Percurso: Vale Afonsinho – Algodres – Faia Brava)

22 de Junho | 2º Dia de Curso | Sábado
Módulo Prático II
09h – 13h| Aves de Rapina de sistemas Agroflorestais
13h – 14h00| Piquenique (livre) na Capela de St.º André
14h00 – 15:15h Aves de rapina de zonas Rupícolas e Retorno a Figueira de Castelo Rodrigo
Módulo Teórico II
15:15h – 15h30| Chegada a Figueira de Castelo Rodrigo e Pausa
15h30 – 16h30| Técnicas de Observação e Identificação de Aves de Rapina + Escalada Científica c/ José Jambas
16h30 – 17h00| Os desafios no estudo e na identificação das aves de rapina no Campo c/ Carlos Pacheco
17h00 – 17:30| Vulture Conservation Foundation c/ Alice Gama
17h30 – 17h45| Pausa
17h45 – 18h30 | Técnicas de estudo, marcação e monitorização das aves de rapina c/ Carlos Pacheco
18h30 – 19h30| Identificação de Características através de Material Biológico c/ Ricardo Brandão e Carlos Pacheco
19h30| Jantar Oferecido pela Organização (inclui Quizz de identificação de fotografias)
10 de Junho | 3º Dia de Curso | Domingo Módulo Prático IV
09h30 – 13h00| Identificação de Aves de Rapina do Parque Natural do Douro Internacional 13h00 – 14h00| Piquenique (Livre) no Miradouro do Penedo Durão
15h00 – 17h30 | Observação de Aves de Rapina do Parque Natural Arribes del Duero
18h30| Chegada a Figueira de Castelo Rodrigo

segunda-feira, 6 de maio de 2019

Oferta de Emprego: Diretor/a Executivo/a


A ATNatureza está a contratar um novo/a diretor/a executivo!
Nota: Todos os CV´s enviados no anterior AVISO serão considerados neste processo de selecção.
Funções/Responsabilidades
1) Gestão da organização – o diretor irá coordenar todas as ações relacionadas com a gestão operacional da organização, cumprindo o programa estratégico plurianual do Conselho Diretivo da ATNatureza. Estas tarefas incluem o planeamento de atividades, a sua execução e acompanhamento permanente, a supervisão da equipa, a elaboração de relatórios de execução, a avaliação das atividades e a articulação com a Direcção. O/a Diretor/a será responsável pela elaboração de cada plano anual de atividades e respetivo relatório final.
2) Gestão administrativa e financeira – O/a Diretor/a irá supervisionar todos os assuntos administrativos e financeiros, baseando-se no plano anual e orçamento aprovados. Fará o acompanhamento da execução orçamental da associação, através da ferramenta de avaliação/execução de cash-flow, coordenando a contabilidade, informando e apoiando a Direção nas decisões administrativas e financeiras. Irá definir e implementar os sistemas de medidas e controlo que permitam realizar o seguimento dos objetivos-chave, realização de relatórios e tomada de medidas corretivas quando necessário.
3) Angariação de fundos e Sustentabilidade – O/a Diretor/a promoverá os necessários contactos e iniciativas para a angariação de financiamentos, nomeadamente: donativos e doações, prestação de serviços, subsídios, vendas, pagamento de quotas.
4) Gestão Operacional do projeto Faia Brava e EPNs – O/a Diretor/a será o responsável pela gestão operacional dos Espaços para a Natureza, através de implementação dos planos de gestão de cada uma das áreas.
5) Projetos de Conservação da Natureza – Com o apoio da Direção, o/a Diretor/a irá apoiar o departamento de projetos no desenho e execução dos mesmos.
6) Recursos Humanos – O/a Diretor/a ficará responsável pela gestão da equipa da ATNatureza, supervisionando e apoiando a execução das suas agendas de trabalho, promovendo a formação técnico-profissional, assegurando um modelo anual de avaliação de desempenho. Deverá acompanhar as equipas de trabalho para verificar que se estão a cumprir os objetivos definidos.
7) Comunicação e relações públicas — O/a Diretor/a assegurará a representação da organização e garantirá que a missão e o projecto Faia Brava e EPNs sejam apresentados aos sócios, à sociedade e aos principais “stakeholders”.
8) Planeamento estratégico – O Coordenador irá elaborar em 2019 o plano estratégico de gestão da Faia Brava e EPNs para 2020-2030.
Perfil
Procuramos alguém com as seguintes características:
- Gosto pela conservação da natureza: estamos à procura de alguém enérgico, positivo e inspirador que tenha paixão ou gosto pelo tema da conservação da natureza e proteção do ambiente, com capacidade para encontrar soluções em matéria de conservação da natureza.
- Formação técnica: tenha grau académico, preferencialmente na área da Ecologia/ Biologia/Recursos Naturais/Floresta/Ambiente.
- Experiência profissional: com pelo menos 5 anos de experiência profissional a gerir equipas e/ou organizações, idealmente organizações na área da conservação para a natureza.
- Conhecimentos de gestão estratégica: que saiba gerir uma organização, em todas as suas vertentes, desde o planeamento estratégico, criação de processos e procedimentos internos, avaliação de resultados e/ou impactos de projetos.
- Conhecimentos de gestão financeira: tenha conhecimentos teórico-práticos de gestão administrativa e financeira e tenha implementado esses conhecimentos na gestão de equipas/ organizações.
- Gestão de projeto: que esteja familiarizado com o ciclo de gestão de projetos e que saiba supervisionar equipas técnicas que estão a executar os mesmos.
- Gestão de recursos humanos: que saiba gerir e motivar pessoas, independentemente das suas funções, e que saiba manter um elevado espírito de equipa e coesão interna.
- Angariação de fundos e negócios: que tenha concebido ações de angariação de fundos variadas no contexto de uma organização, incluindo a gestão de negócios de suporte à sustentabilidade da organização.
- Comunicação escrita: tenha gosto, capacidade e facilidade de comunicação escrita, nomeadamente facilidade de redação de cartas, atas, relatórios e projetos.
- Relações públicas: tenha gosto, capacidade e facilidade para representar a Organização em eventos nacionais e internacionais, contactar pessoas e entidades para promoção de parcerias estratégicas para a organização ou seus projetos.
- Domínio de línguas: fale e escreva fluentemente em português e inglês.
Condições
- Cargo a tempo inteiro
- Contrato de 2 anos
- Entrada em junho de 2019
- Base salarial: a discutir.
- Local de trabalho – sede da ATNatureza - Figueira de Castelo Rodrigo (distrito de Guarda)
Procedimento
Envie a sua candidatura em português, inglês, ou espanhol, por e-mail, com uma breve apresentação (máximo 1 pág.) com CV.
A candidatura deve ser enviada ao cuidado de Sílvia Lorga (silvia.lorga@atnatureza.org) até 15 de maio.